Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Gerente de restaurante esgana funcionária grávida por fazer muitas pausas

A mulher foi condenada a três anos de pena suspensa.

Uma antiga gerente da cadeia de restaurantes Taco Bell, em Oregon, nos Estados Unidos, estrangulou uma funcionária grávida por, alegadamente, fazer demasiadas pausas para ir à casa de banho. Linda Joyce Wilkerson, de 48 anos, declarou-se culpada, na passada sexta-feira, de agressão e estrangulamento, refere o jornal local The Oregonian.

O caso remonta a junho do ano passado e numa filmagem das câmaras de videovigilância pode ver-se as mulheres a discutirem e a gerente a avançar para a funcionária agarrando-a pelo pescoço.

A funcionária, que estava grávida de quatro meses na altura, acabou por conseguir afastar Linda e as duas continuaram a discutir até a vítima ter ido embora do restaurante.

A gerente foi condenada a três anos de pena suspensa, 100 horas de trabalho comunitário e obrigada a fazer aulas de controlo de raiva. Além disso, terá de pagar 250 dólares de indemnização à vítima e não pode ter contacto com a mulher.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório