Meteorologia

  • 21 JULHO 2019
Tempo
26º
MIN 24º MÁX 28º

Edição

Bruxelas espera um 'sim' do parlamento britânico, depois de oito 'nãos'

Bruxelas instou hoje o parlamento britânico a votar favoravelmente uma proposta sobre o caminho a seguir no 'Brexit', depois de na quarta-feira a Câmara dos Comuns ter rejeitado as oito opções de saída do Reino Unido da União Europeia.

Bruxelas espera um 'sim' do parlamento britânico, depois de oito 'nãos'
Notícias ao Minuto

12:10 - 28/03/19 por Lusa

Mundo Brexit

"A Comissão tomou nota dos votos indicativos na Câmara dos Comuns. A votação faz parte de um processo político em curso no Reino Unido, que respeitamos. Contámos oito nãos na noite passada e agora precisamos de um sim sobre o caminho a seguir", declarou o porta-voz do executivo comunitário, Margaritis Schinas.

Nenhuma das oito opções de saída do Reino Unido da União Europeia (UE) propostas a votação no Parlamento britânico na quarta-feira obteve maioria, mas serão novamente debatidas e votadas na próxima segunda-feira.

O líder da Câmara dos Comuns, John Bercow, recordou, após o anúncio dos resultados das "votações indicativas" das oito propostas, que os deputados concordaram com "um processo em duas fases", com tempo adicional para debater e votar de novo as opções apresentadas para tentar alcançar um consenso sobre uma alternativa ao Acordo de Saída do Governo da primeira-ministra conservadora, Theresa May, que já chumbaram duas vezes (em janeiro e março).

Das oito propostas submetidas a votação na quarta-feira, aquela que obteve maior apoio foi a quarta, que previa a permanência do Reino Unido numa união aduaneira com UE após o 'Brexit', rejeitada por apenas oito votos (264-272).

Margaritis Schinas, que falava na habitual conferência de imprensa diária da Comissão Europeia em Bruxelas, recordou que o Conselho Europeu determinou que se o Acordo de Saída não fosse ratificado até ao final desta semana, o Artigo 50.º do Tratado de Lisboa, que define um período de dois anos para negociar a saída de um Estado-membro, seria prolongado até 12 de abril.

"Cabe agora ao Governo britânico informar-nos sobre quais são os próximos passos", frisou.

O principal porta-voz do executivo comunitário escusou-se a fazer projeções sobre quem será o interlocutor de Bruxelas na próxima fase de negociações com Londres, depois de na quarta-feira a primeira-ministra britânica ter dado conta da sua intenção de sair de funções antes da próxima fase de negociações com UE, após o Acordo de Saída para o 'Brexit' ser aprovado.

"O presidente [Jean-Claude] Juncker manifestou repetidamente em público o apoio e o respeito que tem pela primeira-ministra, com quem ele trabalhou durante este longo processo", limitou-se a dizer.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório