Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

"Quando deixei de ouvi-lo, já não tinha esperança", confessa mãe de Julen

Na primeira entrevista que os pais deram após a morte do pequeno Julen, admitem que querem "dar um irmãozinho a Julen" e garantem que, de momento, não têm qualquer relação com o dono da propriedade onde foi perfurado o poço.

"Quando deixei de ouvi-lo, já não tinha esperança", confessa mãe de Julen

Os pais de Julen, o menino de dois que caiu num poço em Totalán, Málaga, e que acabou por morrer, deram a sua primeira entrevista desde que perderam o filho. Victoria e José falaram no programa ‘Espejo Público’ da Antena 3 e a mãe de Julen confessou que pouco depois de ter deixado de ouvir o choro do menino no poço perdeu a esperança de que o resgatassem com vida.

Quando deixei de ouvi-lo, já não tinha esperança”, disse Victoria, que assegurou ainda querer cumprir com uma promessa que fizeram a Julen. “Prometi dar um irmãozinho ao Julen, estou a tentar, mas de momento não estou grávida”.

Os pais de Julen falaram ainda de como estão a reagir à morte do menino, isto depois de já terem perdido outro filho, pouco depois de Julen nascer. “Tentamos seguir em frente como podemos, com o apoio da nossa família e amigos”, revelam.

Questionados sobre a relação que têm com o dono da propriedade, David Serrano, o companheiro de uma prima de José, os pais de Julen afirmaram que “agora a relação não é boa nem é má, não temos relação”.

José queixou-se ainda das informações que receberam durante a difícil e longa operação de resgate de Julen, alegando que foram “enganados”, mas esclareceram que as queixas não estavam relacionadas com os trabalhos de resgate em si.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório