Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2019
Tempo
18º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Encontrado sem vida pai de menina assassinada no tiroteio de Sandy Hook

Jeremy Richman perdeu a filha de seis anos em 2012, no tiroteio de Sandy Hook, uma escola primária na Flórida. Autoridades acreditam tratar-se de um caso de suicídio, o terceiro noticiado nos últimos dias entre sobreviventes de tiroteios em escolas norte-americanas.

Encontrado sem vida pai de menina assassinada no tiroteio de Sandy Hook

O pai de uma criança que foi morta no massacre na escola primária de Sandy Hook, no Estado do Connecticut, em 2012, foi encontrado morto esta segunda-feira, num caso aparente de suicídio, de acordo com as autoridades norte-americanas.

Trata-se de Jeremy Richman [ao centro, na imagem acima], de 49 anos, um dos pais de vítimas do tiroteio em massa. A filha, Avielle Richman, tinha apenas seis anos quando perdeu a vida.

O investigador médico da área da neurofarmacologia foi encontrado pela polícia esta segunda-feira às primeiras horas da manhã no seu escritório.

Richman foi cofundador da Fundação Avielle, em honra da filha, que tem como objetivo estimular a sensibilização em torno da violência armada nos Estados Unidos através da investigação às raízes da violência no cérebro.

O senador do Estado do Connecticut Chris Murphy lamentou a morte de Jeremy nas redes sociais. “O Jeremy era um bom amigo e um incansável ativista por melhores investigações aos catalisadores cerebrais da violência. Ele esteve comigo, no meu escritório, há duas semanas, muito entusiasmado com o trabalho mais recente da Fundação Avielle”, escreveu.

O tiroteio na escola primária de Sandy Hook, em Newtown, no Estado do Connecticut, aconteceu a 14 de dezembro de 2012, tendo resultado na morte de 20 crianças, entre os seis e os sete anos de idade, e seis adultos.

Recorde-se que nos últimos dias foram noticiados dois casos de suicídio entre sobreviventes de tiroteios em escolas norte-americanas: uma jovem de 19 anos, Sydney Aiello, e um outro rapaz, que não foi identificado. Ambos tinham sobrevivido ao tiroteio na escola secundária Stoneman Douglas, em Parkland, na Flórida, que ocorreu a 14 de fevereiro de 2018, resultando em 17 mortes.

----

Serviços telefónicos de apoio emocional e prevenção ao suicídio em Portugal

SOS Voz Amiga (entre as 16h e as 24h) - 800 209 899 (Número gratuito)

Conversa Amiga (entre as 15h e as 22h) - 808 237 327 (Número gratuito) e 210 027 159

SOS Estudante (entre as 20h e a 1h) - 239 484 020

Telefone da Esperança (entre as 20h e as 23h) - 222 080 707

Telefone da Amizade (entre as 16h e as 23h) – 228 323 535

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório