Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 20º

Edição

Homem morto pela namorada gravou a própria morte com o telemóvel

Mulher legou que agiu em própria defesa mas imagens podem revelar o contrário.

Homem morto pela namorada gravou a própria morte com o telemóvel

Esta quinta-feira, uma mulher foi detida em San Pedro Del Pinatar, em Espanha, por ter morto o próprio companheiro. A mulher alegou que esfaqueou o namorado em sua própria defesa, depois de este a ter tentado agredir, contudo há provas que podem agora indiciar o contrário.

Segundo o El Verdad, a vítima conseguiu gravar a sua própria morte com o telemóvel.

A Guardia Civil acredita que o esfaqueamento fatal de Patricio O., de 32 anos, aconteceu quando este tentou impedir que a detida, Sofia R., 29 anos, e de nacionalidade equatoriana, se magoasse com uma faca de cozinha.

Os dois estariam a discutir porque a mulher acreditava que o homem a estaria a trair. Patricio achou a suspeita tão descabida que decidiu gravar a mulher, para mais tarde lhe lembrar a discussão que provocara.

"Agora sim vais gravar algo de jeito", disse Sofia ao mesmo tempo que se preparava para se cortar a si própria. Foi nesta altura que o homem correu na sua direção, para impedir que se magoasse, e a mulher o esfaqueou de forma fatal no peito.

A mulher está detida e esta sexta-feira alegou o direito de não se pronunciar. O seu advogado refere que Sofia nunca teve a intenção de acabar com a vida do seu companheiro, com quem tem dois filhos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório