Meteorologia

  • 22 ABRIL 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Aos 13 anos, e após fugir da Síria, perdeu pai e irmão em Christchurch

Em Christchurch, vão decorrendo as cerimónias fúnebres de ataque terrorista.

Aos 13 anos, e após fugir da Síria, perdeu pai e irmão em Christchurch
Notícias ao Minuto

08:45 - 20/03/19 por Pedro Filipe Pina 

Mundo Zaid Mustafa

À medida que as autópsias vão sendo concluídas e a investigação avança, os familiares e amigos das vítimas vão tendo a oportunidade de enterrar os corpos de quem perderam.

O ataque terrorista levado a cabo na passada sexta-feira em Christchurch, na Nova Zelândia, teve como alvo a comunidade muçulmana local. 

Havia pessoas de várias países, entre as 50 vítimas mortais já confirmadas na Nova Zelândia. Entre as vítimas estavam Khalid e Hamza, respetivamente o pai e o irmão mais velho do jovem Zaid Mustafa.

Zaid, de 13 anos, estava no interior de uma das mesquitas atacadas quando tudo aconteceu, conta a ABC News.

O rapaz que perdeu irmão e pai no ataque estava há menos de um ano na Nova Zelândia. Fugira, com a família, da Síria, país devastado pela guerra. Chegaram ali com estatuto de refugiados, à espera de encontrar a paz que haviam perdido no seu país. 

Khalid e Hamza Mustafa estão entre as primeiras vítimas mortais a serem enterradas. O jovem Zaid, que ficou ferido no ataque, esteve no funeral. Surgiu de cadeira de rodas, com um lençol azul a tapar-lhe as pernas, com ambos os pulsos ligados - na imagem ao centro. O jovem foi um dos sobreviventes do ataque terrorista.

Conta a cadeia de televisão australiana que, mesmo com os pulsos ligados, o jovem foi cumprimentando todas as pessoas que prestaram tributo mas que falou também com os já falecidos pai e irmão, para  que não o deixassem sozinho.

Aos 13 anos, e depois de ter fugido da guerra como refugiado, Zaid perdeu o pai e o irmão num país estrangeiros. Um país que é um dos mais seguros do mundo, mas que viveu, na passada sexta-feira, "um dos dias mais negros" da sua história, como caracterizou a primeira-ministra Jacinda Ardern.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório