Meteorologia

  • 17 FEVEREIRO 2020
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Utrecht: Não há indicações de que suspeito do tiroteio conhecesse vítimas

A investigação ainda está a decorrer mas os procuradores continuam a não descartar a possibilidade de motivações terroristas. Nota encontrada no carro da fuga é uma das razões para isso.

Utrecht: Não há indicações de que suspeito do tiroteio conhecesse vítimas

Num comunicada divulgado na manhã desta terça-feira, os procuradores holandeses envolvidos na investigação ao tiroteio desta segunda-feira num elétrico em Utrecht afirmam que ainda não há indicações de que o suspeito, Gökmen Tanis, conhecesse as vítimas.

Essa é uma das razões pelas quais as autoridades holandesas não descartam a possibilidade de ataque terrorista, por enquanto. A outra razão para não o fazerem está relacionada com uma nota encontrada no Renault Clio vermelho, o carro que Gökmen Tanis roubou antes do tiroteio e no qual encetou a fuga depois do ataque no elétrico. 

Quando o autor do tiroteio foi detido pela polícia tinha na sua possa uma arma. Para além de Tanis, as autoridades detiveram mais dois suspeitos e nesta altura prossegue a investigação para apurar o seu envolvimento no tiroteio. 

O ataque desta segunda-feira provocou a morte a três pessoas e fez cinco feridos, três dos quais encontram-se em estado grave.

[Notícia atualizada às 11h19]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório