Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Nova Zelândia: Manifesto foi enviado minutos antes do ataque a ministra

Brenton Tarrant enviou documento a Jacinda Ardern momentos antes de entrar a matar em duas mesquitas.

Nova Zelândia: Manifesto foi enviado minutos antes do ataque a ministra

A primeira-ministra neozelandesa recebeu o manifesto do atirador da Nova Zelândia 10 minutos antes do ataque terrorista começar, revela o jornal NZ Herald.

A informação foi confirmada pelo gabinete de Jacinda Ardern. De acordo com a publicação neozelandesa a governante recebeu uma cópia do documento pouco antes dos ataques começarem. No entanto, em nenhuma parte do manifesto Brenton Tarrant disse o que iria fazer e muito menos onde e quando seria o ataque.

“No documento ele descreveu as razões para o ataque. Mas nunca disse o que estava prestes a fazer. Não houve oportunidade para pará-lo”, disse o porta-voz da primeira-ministra ao jornal.

Além de Jacinda Ardern também o líder do Partido Nacional da Nova Zelândia, Simon Bridges, e o presidente do Parlamento, Trevor Mallard, receberam o manifesto.

Brenton Tarrant enviou ainda as 74 páginas para vários meios de comunicação social, tanto nacionais como internacionais.

Recorde-se que o australiano entrou, esta sexta-feira, em duas mesquitas onde matou pelo menos 49 pessoas e feriu outras 48. O ataque terrorista é já considerado o maior de toda a história da Nova Zelândia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório