Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2019
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

Nova Zelândia: Ataque terrorista faz 49 mortos e dezenas de feridos

Dois ataques terroristas levados a cabo em duas mesquitas na Nova Zelândia mataram, pelo menos, 49 pessoas, deixando dezenas de feridos graves. O momento em que um dos atiradores entra numa das mesquitas e começa a disparar indiscriminadamente foi transmitido em direto no Twitter. A polícia desativou vários engenhos explosivos que se encontravam numa viatura junto a uma das mesquitas e deteve três homens e uma mulher.

Nova Zelândia: Ataque terrorista faz 49 mortos e dezenas de feridos

Pelo menos 49 pessoas morreram, na madrugada desta sexta-feira (hora de Lisboa), na sequência de dois ataques terroristas perpetrados na Nova Zelândia.

De acordo com a imprensa internacional, a polícia neozelandesa já deteve quatro pessoas - três homens e uma mulher - na sequência dos ataques levados a cabo contra duas mesquitas em Christchurch.

Um dos atacantes transmitiu em direto o momento em que entrou numa das mesquitas e disparou indiscriminadamente contra as pessoas que lá se encontravam.

O vídeo de 17 minutos foi transmitido em direto no Facebook por um homem que se identificou como Brenton Tarrant, um australiano de 28 anos, que também publicou online um manifesto anti-imigrantes de 87 páginas no qual justificava os ataques.

As imagens mostram o momento em que o suspeito se dirigiu à mesquita de Al Noor, saiu do carro e disparou contra um veículo que passava. Depois dirigiu-se à entrada da mesquita e matou uma pessoa que se encontrava à porta.

Assim que entrou na mesquita, Brenton começou a disparar a arma semiautomática de forma indiscriminada. Segundo o jornal New Zealand Herald, uma das vítimas tentou fugir depois de ser atingida pelas balas, mas o atirador não a deixou escapar e disparou continuamente até a matar.

Para impedir que alguém saísse da mesquita com vida, o suspeito posicionou-se no corredor principal e disparou contra tudo e todos.

Quando acabaram as munições, o homem dirigiu-se ao carro, recarregou a arma e regressou ao interior da mesquita continuando a disparar, só saindo quando não havia ninguém com vida.

O vídeo termina com o suspeito a abandonar o local no seu carro.

Além desta mesquita, também a de Lindwood foi alvo de ataque, sendo que ambas estão localizadas em Christchurch, a maior cidade da Ilha Sul da Nova Zelândia e a terceira maior cidade do país.

A polícia revelou também que desativou vários engenhos explosivos encontrados numa viatura junto às mesquitas e que deteve quatro pessoas - três homens e uma mulher - sendo que por explicar está ainda o papel de cada um deles nestes dois ataques.

A primeira-ministra Jacinda Arden especificou, em conferência de imprensa, que dez pessoas foram mortas na mesquita Linwood Masjid e 30 na mesquita de Al Noor, mas o número pode vir a aumentar uma vez que há, pelo menos, 27 feridos em estado muito grave. Mais tarde, o número de vítimas mortais viria a ser revisto em alta para 49.

A Chefe do Executivo neozelândês classificou ainda o dia de hoje como sendo "um dos dias mais negros da Nova Zelândia".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório