Meteorologia

  • 26 JUNHO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 18º

Edição

As perguntas (e respostas) após queda do avião da Ethiopian Airlines

O voo 737 da Ethiopian Airlines caiu este domingo matando todos os passageiros a bordo.

As perguntas (e respostas) após queda do avião da Ethiopian Airlines

Um avião da Boeing da companhia de aviação Ethiopian Airlines, caiu este domingo, logo após descolar matando todos os 157 passageiros a bordo. Esta foi a segunda queda de avião em cinco meses que envolveu um Boeing 737 Max 8 e já começaram a ser feitas comparações com o acidente da Lion Air na Indonésia, em outubro do ano passado. 

Como resposta e forma de prevenção, a China e a Ethiopian Airlines já suspenderam o uso do modelo de avião que caiu. No entanto, conta a BBC, ainda é muito cedo para apurar as causas do acidente.

Como é que tudo aconteceu?

Segundo Ethiopian Airlines, o avião do voo ET302 caiu pelas 08h44 hora local (05h44 em Lisboa), apenas cerca de seis minutos após descolar de Adis Abeba. O voo tinha destino a Nairobi, mas acabou por cair na cidade de Bishoftu, a 60 quilómetros da capital etíope.

De acordo com relatos posteriores, o piloto reportou dificuldades e pediu para regressar. A informação foi confirmada pelo CEO da companhia aérea em conferência de imprensa. O capitão sénior Yared Getachew, como foi identificado o piloto, tinha mais de oito mil horas de voo e, segundo a companhia, um "desempenho digno de louvor".

A bordo do aparelho estavam passageiros de mais de 30 países, nenhum identificado com nacionalidade portuguesa. Pelo menos 19 das vítimas estavam ligadas às Nações Unidas. Um deputado eslovaco,  Anton Hrnko, deu também conta de que as suas duas filhas e mulher estavam no avião.

Dois passageiros, Antonis Mavropoulos e Ahmed Khalid, foram considerados os únicos sobreviventes da tragédia, uma vez que, devido a um atraso afortunado, não conseguiram apanhar o avião. Antonis partilhou uma fotografia no seu Facebook com o bilhete de avião e com a frase: "O meu dia de sorte". Já Khalid deveria ter apanhado o avião de ligação a Nairobi em Adis Abeba, mas o seu voo atrasou-se e acabou por só seguir na ligação seguinte.

Esta segunda-feira foi considerado dia de luto nacional na Etiópia.

O que se sabe sobre o avião?

O Boeing 737 Max-8 é usado em rotas comerciais desde 2017. O avião que caiu estava entre os seis e 30 que a Ethiopian Airlines tinha encomendado como parte do seu projeto de expansão e tinha sido submetido a uma "manutenção rigorosa" a 4 de fevereiro, referiu a companhia no Twitter. 

Depois da queda do avião da Lion Air do mesmo modelo, em outubro, os investigadores deram conta de que os pilotos tinham tido dificuldades em lidar com um sistema automático desenhado para impedir o avião de parar, uma nova opção do Boeing 737 Max. O sistema anti-paragem forçou o nariz do avião para baixo, apesar dos esforços dos pilotos para o impedirem. Nesse voo, o avião também caiu minutos após a descolagem. Morreram 189 pessoas

Em declarações à CNN, um antigo inspetor do departamento de transportes norte-americano, Mark Shiavo, deu conta de se tratarem de situações "altamente suspeitas". "Temos aqui um avião novo que caiu duas vezes num ano. Isso faz disparar alarmes na indústria da aviação. porque isso simplesmente não acontece", referiu.

No entanto, a investigação deste acidente aéreo mais recente ainda está numa fase muito inicial e por isso não resulta claro se se tratou do mesmo problema que no caso da Lion Air. Os especialistas em aviação alertam que outros problemas técnicos ou erro humano não podem ser descartados ainda.

O que acontece agora?

A investigação vai ser liderada pelas autoridades etíopes e coordenada com especialistas da Boeing e do Comité Nacional de Segurança de Transportes norte-americano.

Uma prioridade urgente para os investigadores vai ser encontrar as duas caixas negras, uma para os dados e outra para a voz do piloto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório