Meteorologia

  • 22 ABRIL 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Detenções em Moscovo em protesto contra lei de desconexão da internet

Pelo menos oito pessoas foram hoje detidas em Moscovo pouco antes do início de um protesto contra a lei de desconexão da internet, que os deputados russos voltam a examinar na quarta-feira, referiram media locais.

Detenções em Moscovo em protesto contra lei de desconexão da internet
Notícias ao Minuto

13:16 - 10/03/19 por Lusa

Mundo Rússia

"Foram detidas oito pessoas, supostamente por utilizarem 'aparatos voadores', na realidade, balões", denunciaram os organizadores do protesto convocado pelo Partido Libertário russo, em declarações à agência noticiosa Interfax.

Por sua vez, o portal especializado OVD-Info referiu-se a 16 detidos, incluindo três menores, e precisou que foram enviados para uma esquadra da polícia em Moscovo.

A manifestação contra a desconexão da internet, autorizada pela câmara da capital, foi apoiada pelo líder da oposição russa, Alexei Navalni, e pelo inventor do serviço de mensagens Telegram, Pavel Durov, cuja aplicação foi proibida na Rússia.

Em fevereiro, a Duma (parlamento) da Rússia adotou em primeira leitura um projeto-lei para garantir a estabilidade do funcionamento do segmento russo da internet e a sua desconexão da rede mundial em caso de situações de crise ou ataques cibernéticos contra o país.

A iniciativa suscitou fortes reticências nos operadores da internet, pelo facto de a instalação dos equipamentos necessários para a análise de tráfico implicaram avultados investimentos.

Segundo os seus autores, e caso o projeto-lei seja aprovado em definitivo, poderá "minimizar o fluxo para o estrangeiro de dados que os utilizadores russos trocam entre si".

Para mais, em caso de ameaça, os operadores estariam obrigados a garantir a "gestão centralizada do tráfego", o que significa o seu controlo pelo Estado.

O Presidente russo Vladimir Putin admitiu previamente a possibilidade de o seu país se desligar da rede mundial da internet face a eventuais ameaças externas à sua segurança nacional.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório