Meteorologia

  • 25 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

Jogadora do Charlton morreu aos 18 anos vítima de cancro

Jordan Dawes, que ocupava a posição de guarda-redes, combatia um cancro no fígado. De Gea, guardião do Manchester, chegou a enviar-lhe as suas luvas como forma de apoio.

Jogadora do Charlton morreu aos 18 anos vítima de cancro
Notícias ao Minuto

23:24 - 22/02/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Inglaterra

Morreu, aos 18 anos de idade, uma antiga guarda-redes da liga feminina de futebol britânica. Jordan Dawes sucumbiu a um cancro no fígado, que lhe foi diagnosticado em novembro do ano passado, depois de ter sofrido um AVC.

A notícia foi confirmada através das redes sociais pela família da adolescente. "Hoje, a nossa filha linda e incrível, Jordan Dawes, foi dormir pela última vez. Estamos para lá de devastados e não sabemos como vamos continuar sem a nossa linda filha. Ela tinha tanto para viver", escreveram.

O Charlton emitiu uma nota de condolências. "Toda a gente no Charlton Athletic Women está triste por saber que a antiga jogadora Jordan Dawes faleceu hoje. Os nossos pensamentos estão com a sua família neste momento de dor", indicaram.

Recorde-se que, em novembro do ano passado, David De Gea, guarda-redes do Manchester United, doou a Jordan as luvas que usou no 250.º jogo da Premier League, quando esta recuperava do AVC no hospital, com uma mensagem de apoio.

"Eu sei que podes vencer esta batalha", escreveu o guardião do Manchester, numa nota enviada com as luvas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório