Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Denunciado desmantelamento da rede consular venezuelana nos EUA

Representantes do autoproclamado Presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, denunciaram hoje que a rede consular venezuelana nos Estados Unidos "foi desmantelada" por ordens de Caracas e que a oposição iniciou diligências para assumir o controlo efetivo das mesmas.

Denunciado desmantelamento da rede consular venezuelana nos EUA

A denúncia foi feita por Carlos Vecchio, nomeado, por Juan Guaidó, como delegado da Venezuela perante os EUA, numa conferência de imprensa, em Washington.

O representante precisou que vão assumir o controlo da Embaixada e outras cinco sedes consulares naquela cidade e três em Nova Iorque.

Por outro lado, explicou que desertaram 11 dos 56 funcionários venezuelanos acreditados nos EUA e que manifestaram "reconhecer o Governo do Presidente interino Juan Guaidó e hoje colaboram com a restituição da ordem constitucional".

Tratam-se de sete funcionários dos oito consulados, três funcionários adscritos à Embaixada da Venezuela e um funcionário da missão permanente, venezuelana, na ONU.

Na mesma ocasião, o responsável divulgou o Primeiro Relatório do Serviço Diplomático e Consular da Venezuela nos EUA, dando conta da "situação atual do serviço consular" venezuelano em território norte-americano.

"O regime de (Nicolás) Maduro destruiu a rede de serviço consular (...) estamos a rever a relação contratual de arrendamento das sedes consulares, com os seus proprietários", disse.

O documento sublinha que, além de encerrados e desmantelados os escritórios do serviço consular, foram levados 3.500 "passaportes por entregar, carimbos e prorrogas por entregar".

Acrescenta também que os funcionários ao serviço de Nicolás Maduro ficaram com os pagamentos por serviços prestados, etiquetas de vistos e películas de proteção, o hardware que servia de ponte informático com a Venezuela e os "enlaces" com o Serviço Administrativo de Identificação Migração e Estrangeiros e com o Conselho Nacional Eleitoral venezuelano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório