Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Zoo em Gaza retira garras a leoa para que seja "amigável" com as crianças

A felina de 14 meses ficou angustiada depois de as garras terem sido removidas cirurgicamente.

Zoo em Gaza retira garras a leoa para que seja "amigável" com as crianças

Os tratadores de um jardim zoológico em Gaza, na Palestina, tentaram atrair os visitantes ao arrancarem cirurgicamente as garras de uma leoa para que esta pudesse brincar com as crianças. No entanto deixaram-lhe os dentes intactos. A prática deixou o animal angustiado.

O dono do zoo justificou a decisão de arrancar as garras de Falestine, de apenas 14 meses, com uma tentativa de lhe reduzir a agressividade para que possa ser "amigável com os visitantes".

A operação foi feita pelo veterinário do parque, apesar do local não ter as instalações corretas para o procedimento.

Depois de algumas semanas a recuperar, Falestine foi posta fora da jaula, na passada quinta-feira, para ser observada, pela primeira vez desde a operação. Interagiu com os tratadores, conta o The Sun, mas pareceu angustiada e confusa a tentar arranhar um tronco de árvore.

"As garras foram cortadas para que não crescessem rápido e para os visitantes e as crianças puderem brincar com ela. Queremos trazer sorrisos e felicidade às crianças, ao mesmo tempo que aumentamos o número de visitantes do parque", referiu o veterinário responsável pela operação, Fayez al-Haddad, garantindo que "a leoa não perde a sua natureza inata".

O jardim zoológico tem estado sob fortes críticas por parte dos grupos de proteção animal. O Paw Project, uma organização que reabilita felinos de grande porte reagiram garantindo que o processo é desumano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório