Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Ficou com a perna presa em areias movediças e temeu o pior

A namorada de Ryan Osmun teve de nadar em águas geladas para ir buscar ajuda.

Ficou com a perna presa em areias movediças e temeu o pior

Ryan Osmun e Jessika McNeill decidiram fazer um dos trilhos do Zion National Park, no Utah, nos Estados Unidos, este sábado. A caminhada num dos parques norte-americanos mais populares tinha tudo para ser memorável de uma forma positiva mas o desfecho esteve perto de ser trágico.

Quatro horas depois de terem iniciado o trilho conhecido como ‘The Subway’ atravessaram um riacho e Jessika ficou presa em areias movediças, revela a Associated Press. Ryan Osmun conseguiu soltá-la mas, no processo, acabou por ser ele a ficar preso nas areias movediças. Desta vez, porém, não foi tão fácil soltá-lo.

Jessika tentou mas percebeu que não ia conseguir. Sem rede no telemóvel naquela área, decidiu que tinha de ir procurar ajuda. Deixou Ryan com roupas quentes e resolveu nadar pelo rio de águas geladas, uma forma mais rápida de encontrar ajuda do que seguir pelo trilho.

“Dizia a mim própria: ‘Ele faria o mesmo por mim’”, recorda Jessika. Levou três horas a chegar a uma local com rede no telemóvel. Contactou os meios de socorro. Quando estes chegaram ao sítio onde Jessika estava, a mulher sofria de hipotermia.

A equipa de resgate encontrou Ryan algum tempo depois. Precisaram de duas horas para soltá-lo das areias movediças.

“Pensava que ia perder a minha perna. E já no final pensei que não ia sobreviver”, afirma Ryan. Foi levado para o hospital e ficou apenas com a perna inchada.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório