Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2019
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

May reúne-se com Juncker na quarta-feira em Bruxelas

A primeira-ministra britânica, Theresa May, reúne-se na quarta-feira com o Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, em Bruxelas, para fazer um ponto de situação sobre o 'Brexit', foi hoje anunciado.

May reúne-se com Juncker na quarta-feira em Bruxelas
Notícias ao Minuto

11:47 - 19/02/19 por Lusa

Mundo Saída

"O presidente da Comissão Europeia recebe amanhã (quarta-feira) a primeira-ministra no Berlaymont [sede do executivo comunitário] às 18:30 de Bruxelas (17:30 de Lisboa), disse o porta-voz comunitário, Margaritis Schinas, na habitual conferência de imprensa diária da instituição.

"As negociações prosseguirão esta semana para ver se é possível encontrar uma saída que reúna o mais amplo apoio possível no parlamento britânico e respeite as diretrizes acordadas pelo Conselho Europeu", salientou Schinas.

O porta-voz da Comissão Europeia adiantou ainda que na reunião de segunda-feira entre o negociador-chefe da União Europeia (UE), Michel Barnier, e o ministro britânico para o Brexit, Stephen Barclay, o representante dos 27 reiterou que o acordo de saída não será reaberto e que a UE não aceita um limite temporário para o 'backstop' nem uma cláusula de saída unilateral.

Por seu lado, em declarações aos jornalistas em Bruxelas, o secretário de Estado do Reino Unido para o 'Brexit', Martin Callanan, considerou "construtiva" a reunião de segunda-feira.

O 'backstop' consiste na criação de "um território aduaneiro único" entre a UE e o Reino Unido, no qual as mercadorias britânicas teriam "um acesso sem taxas e sem quotas ao mercado dos 27" e que garantiria que a Irlanda do Norte se manteria alinhada com as normas do mercado único, "essenciais para evitar uma fronteira rígida".

Este mecanismo só seria ativado caso a parceria futura entre Bruxelas e Londres não ficasse fechada antes do final do período de transição, que termina a 31 de dezembro de 2020 e que poderá ser prolongado uma única vez por uma duração limitada.

O 'backstop' é contestado pelos parlamentares britânicos que temem que este mecanismo deixe o país indefinidamente numa união aduaneira sem que possa sair dela unilateralmente.

A saída do Reino Unido do bloco comunitário está marcada para dia 29 de março.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório