Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Khashoggi: Erdogan diz que ainda não revelou tudo o que sabe

A Turquia ainda não revelou todos os elementos de que dispõe no inquérito sobre o assassínio do jornalista saudita Jamal Khashoggi em Istambul, avisou hoje o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

Khashoggi: Erdogan diz que ainda não revelou tudo o que sabe
Notícias ao Minuto

23:52 - 15/02/19 por Lusa

Mundo Turquia

"Ainda não revelámos todos os dados de que dispomos", declarou o chefe de Estado turco, durante uma entrevista à estação televisiva A-Haber.

O assassínio de Jamal Khashoggi em 02 de outubro no consulado da Arábia Saudita em Istambul suscitou uma indignação mundial e prejudicou fortemente a imagem da monarquia petrolífera, em particular a do príncipe herdeiro, Mohammed bin Salman.

Khashoggi, que colaborava com o Washington Post e cujo corpo nunca foi encontrado, era um crítico feroz daquele príncipe, também designado pelas suas iniciais 'MBS', que nega qualquer implicação no assassínio.

Depois de ter durante um primeiro tempo negado o envolvimento no assassínio de Khashoggi, os dirigentes de Riade avançaram posteriormente várias versões contraditórias. Agora, sustentam que Khashoggi foi assassinado durante uma operação não autorizada pelo poder saudita.

Mas Ancara está "determinada em levar este assunto à justiça internacional", assegurou Erdogan, que apelou aos Estados Unidos da América para se envolvam no caso.

Na semana passada, o Presidente dos EUA, Donald Trump, ignorou o apelo do Congresso norte-americano para que se pronunciasse sobre o papel de MBS neste homicídio.

Desejoso de manter uma aliança, que considera incontornável, Trump afirma que não dispõe de provas irrefutáveis da implicação direta do príncipe saudita.

Mas os senadores, depois de terem sido informados, no outono, à porta fechada, das conclusões da CIA, Agência de Inteligência Americana, garantem que foram confortados na sua responsabilização de MBS.

Desde o início do caso, a imprensa turca tem revelado, a conta-gotas, fugas de informação provenientes das autoridades turcas que, para vários analistas, estão sabiamente orquestradas e pretendem manter a pressão sobre Riade.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório