Meteorologia

  • 20 MARçO 2019
Tempo
19º
MIN 19º MÁX 20º

Edição

Manfred Weber diz-se preocupado com o "regresso do nacionalismo"

O candidato do Partido Popular Europeu à presidência da Comissão Europeia, Manfred Weber, disse que o "nacionalismo está de volta" e que a única resposta é responder aos anseios das pessoas e "dizer sempre a verdade".

Manfred Weber diz-se preocupado com o "regresso do nacionalismo"
Notícias ao Minuto

08:11 - 15/02/19 por Lusa

Mundo candidato

Em entrevista à Lusa, quinta-feira no Porto, o eurodeputado alemão escolhido pelo Partido Popular Europeu (PPE) para concorrer à presidência da Comissão Europeia, mostrou-se muito preocupado com os sinais de populismo que tem sentido, num périplo que está a fazer pela Europa.

"O nacionalismo está de volta", afirmou Weber, no final de uma visita a um instituto de investigação em saúde, ao lado do líder do PSD, Rui Rio, e do cabeça-de-lista social-democrata às eleições europeias, Paulo Rangel.

Para Manfred Weber, a melhor e única resposta ao populismo que alavanca esse nacionalismo é responder de forma pragmática aos anseios das pessoas.

"Temos de dizer sempre a verdade e saber ouvir as preocupações dos europeus", explicou o eurodeputado, referindo que nem sempre os políticos em Estrasburgo e em Bruxelas compreendem o que as pessoas sentem na sua vida quotidiana.

"Nestas viagens, tenho procurado ouvir muito, perceber as preocupações do dia-a-dia das pessoas. E tenho aprendido muito com isso", referiu o eurodeputado, admitindo que tem alterado a sua própria agenda de campanha, em função desta aprendizagem.

Manfred Weber, que neste périplo, antes de chegar a Portugal, já passou pela Polónia, Bélgica, Chipre, Espanha, Letónia, Grécia e a Holanda, disse que as preocupações dos europeus são essencialmente as mesmas e centram-se sobretudo em dois temas: emprego e crescimento económico.

Mas o eurodeputado reconhece outros anseios que aparecem em graus diversos em diferentes países, mas que devem estar na agenda da campanha para as eleições ao Parlamento Europeu: a inovação e a imigração.

"A imigração é um tema bem mais relevante em países como a Grécia ou Chipre, mas precisa de respostas concretas em todo o lado", explicou Weber, dizendo que muito do populismo que o preocupa assenta as suas bases em falsas respostas a estes problemas.

Mas também a burocracia deve ser encarada com pragmatismo, acrescenta o eurodeputado, dizendo que os europeus ficam sempre desconfiados sobre a complexa máquina de Bruxelas.

O sentimento de distância que essa burocracia provoca ajuda a entender melhor o alheamento dos eleitores perante as questões europeias, pelo que Weber defende que deve haver maior transparência e mais comunicação, na relação com os cidadãos.

Um elemento que pode contribuir para um maior envolvimento dos eleitores é a escolha dos candidatos à presidência da Comissão Europeia, pelas várias famílias políticas, onde Weber está na corrida, pelo PPE (a que pertence o PSD e o CDS).

"Claro que esta medida só dará resultados a médio e longo prazo. Nestas eleições, não será ainda notório o efeito, mas é um passo importante para criar mais condições democráticas", explica Manfred Weber.

O eurodeputado e o PPE, que ele representa, advogam esta estratégia de explicitar quem indicam para a presidência da Comissão Europeia, se obtiverem maioria no Parlamento Europeu e conseguirem convencer o Conselho Europeu a apontar essa escolha.

"É uma medida de transparência, de maior representatividade", explica o eurodeputado, que considera que, desta forma, o próprio presidente da Comissão Europeia terá uma legitimidade que até agora nem todos lhe reconhecem.

"Claro que as pessoas continuarão a votar nos cabeças-de-lista dos partidos, em cada país. Em Portugal, espero que escolham Paulo Rangel (do PSD) e Nuno Melo (do CDS). Mas também escolherão a liderança da Comissão", conclui o eurodeputado.

Por isso, Manfred Weber não sabe responder, quando se pergunta que resultado antecipa para a corrida à presidência da Comissão Europeia: "A decisão está nas mãos dos europeus. E isso é bom".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório