Meteorologia

  • 14 OUTUBRO 2019
Tempo
16º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Fica paraplégica depois de fazer um piercing no nariz

A má perfuração do nariz bem como a incorreta higienização do material usado está na origem do problema.

Fica paraplégica depois de fazer um piercing no nariz

Em julho do ano passado, Layane Dias preparava-se para começar uma nova fase da sua vida. A jovem brasileira ia começar, em breve, um estágio profissional, e para comemorar esta conquista planeava fazer uma viagem em família.

Contudo, o que se seguiu foi aquilo que a jovem de 20 anos considera a pior fase da sua vida.

Layane começou a sentir dores frequentes no corpo até que um dia deixou de sentir o corpo da cintura para baixo, segundo conta à BBC Brasil. A situação foi piorando e a jovem teve que abandonar o estágio.

Layane viria a descobrir que a sua condição era provocada pela batéria Staphylococcus aureus, a qual pode ter consequências graves caso atinja a corrente sanguínea. 

View this post on Instagram

Uma sequência de fotos de um movimento que você faz o tempo todo e nem sabe a importância ou que as vezes até reclama quando tem que fazer! O que pra você talvez seja simples, pra alguém é um milagre! Você é um milagre, está vivo é um milagre! A vida é milagre ️ Agradeça agora, na sua mente mesmo, por TUDO que você tem! Já pensou se amanhã tu acordasse somente com o que agradeceu hoje, com o que você acordaria ? HOJE VIVO COMO SE TODOS OS DIAS FOSSEM UM MILAGRE... PORQUE REALMENTE É! : @studiobarbaraleitte

A post shared by Layane Dias  (@layaanedias) on Feb 7, 2019 at 5:11pm PST

"O médico perguntou-se se eu tive alguma borbulha na região do nariz ou algo assim, porque essa bactéria, comummente, é desenvolvida nas fossas nasais. Foi então que contei que havia colocado um piercing no lado esquerdo do nariz, no mês anterior", relata a jovem, lembrando que foi aí que o médico a informou de que foi essa situação que permitiu a entrada da bactéria no seu corpo.

Depois disso, Layane recordou que quando fez o piercing apareceu-lhe uma bola vermelha na ponta do nariz. "Como pensei que não fosse nada relevante, cuidei em casa com pomadas. Em uma semana, ela desapareceu", revela.

A infeção terá sido causada pela má perfuração do nariz bem como pela incorreta higienização do material usado para o efeito.

Sabe-se que a jovem já foi, entretanto, operada para retirar o pus causado pela infeção e que estava a comprimir a sua medula. As suas dores foram assim aliviadas e isso impediu que o seu quadro clínico piorasse.

A jovem continua, no entanto, paraplégica e apenas se consegue mover com recurso a uma cadeira de rodas. Os médicos não excluem a hipótese de esta situação vir a resolver-se , mas nada é garantido. Layane é atualmente acompanhada por uma psicóloga e faz fisioterapia para tentar combater a situação em que se encontra.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório