Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Desmembra filho bebé, pega fogo ao corpo e guarda restos na mala

A mulher disse às autoridades que a criança tinha sido raptada.

Desmembra filho bebé, pega fogo ao corpo e guarda restos na mala

Uma mãe matou o filho bebé, desmembrou o corpo e incinerou os restos mortais, antes de dizer às autoridades que a criança tinha sido raptada. Segundo a polícia de New Jersey, nos Estados Unidos, Nakira Griner, de 24 anos, foi acusada de homicídio depois de terem encontrado parte dos restos mortais do bebé dentro da sua mala.

Conta o The Sun que os restos queimados e desmembrados de Daniel Jr., de 23 meses, foram encontrados em sacos debaixo de um barracão na casa de família no passado sábado.

Inicialmente, Nakira reportou às autoridades que tinha sido atacada na passada sexta-feira à noite quando passeava com a criança. Relatou que tinha o outro filho, mais pequeno, no colo, que Daniel Jr. estava na cadeirinha quando foi atacada ao pontapé e que quando olhou para cima o filho tinha desaparecido.

Mas quando a sua história provou ter inconsistências a polícia fez buscas na sua habitação no sábado à noite até que encontrou os restos humanos na mala.

Mais tarde Nakira falhou no teste do detetor de mentiras e admitiu que tinha magoado a criança porque esta "não comia nem a ouvia", é referido no relatório policial.

As autoridades acusaram a mulher de homicídio em primeiro grau, negligência infantil, profanação de cadáver e adulteração de provas. A investigação continua.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório