Meteorologia

  • 26 ABRIL 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 19º

Edição

Veterinário operava cachorros para traficar heroína da Colômbia para EUA

Foi hoje condenado a seis anos de cadeia por um tribunal em Brooklyn.

Veterinário operava cachorros para traficar heroína da Colômbia para EUA
Notícias ao Minuto

21:49 - 07/02/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Nova Iorque

O procurador norte-americano Richard P. Donoghue revelou hoje em Brooklyn, Nova Iorque, a sentença de um caso de tráfico de droga envolvendo um veterinário.

Andres Lopez Elorez, um veterinário com ligações a um cartel de droga colombiano, geria uma esquema de cirurgias a cachorros para esconder heroína. Foi condenado a seis anos de cadeia.

O veterinário detinha a licença de exploração de uma quinta na Colômbia onde os animais eram criados. Através de cirurgia, pequenos plásticos contendo heroína sob forma líquida eram cosidos aos animais, para esconder a droga, dá conta a Associated Press. Os animais eram depois enviados da Colômbia para os EUA, onde o veterinário recolhia a droga.

Andres Lopez Elorez declarou-se culpado de tráfico de droga em setembro passado e acabou hoje condenado.

Este caso resultou de uma cooperação entre a polícia da Colômbia e a dos Estados Unidos.

Um dos cachorros, uma cadelinha Beagle, foi adotada por um dos agentes colombianos. Ganhou o nome de Donna.

Outro dos cachorros usado neste esquema, uma cadelinha Rottweiller, foi adotada pelas autoridades colombianas. Recebeu treino como cão pisteiro e hoje em dia trabalha com as autoridades, usando o faro para encontrar drogas como a que em tempos esconderam no seu corpo. Deram-lhe o nome de Heroina. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório