Meteorologia

  • 17 FEVEREIRO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 15º

Edição

Matou filho recém-nascido e escondeu o corpo dentro de um peluche

Crime valeu-lhe apenas um ano de prisão.

Matou filho recém-nascido e escondeu o corpo dentro de um peluche
Notícias ao Minuto

08:11 - 04/02/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Suíça

Jelica S., de 23 anos, estava grávida de gémeos de sete meses quando entrou em trabalho de parto.

Com recurso a informações que encontrou na internet, a mulher decidiu dar à luz sozinha, na casa de banho da sua casa em Lucerne, Suíça.

Assim que a primeira criança nasceu, Jelica desceu para a cave da casa onde matou o bebé, atirando-o contra a parede e o chão. Depois enrolou o corpo numa t-shirt do rato Mickey e colocou o corpo dentro de um peluche gigante, conta o Metro britânico.

O segundo bebé terá demorado mais 31 horas a nascer, sendo que quando isso aconteceu, a mulher enrolou o seu corpo numa toalha e escondeu-o no cesto da roupa suja.

O crime foi descoberto depois de a jovem ter colapsado devido à grande quantidade de perda de sangue e ter ido parar ao hospital.

Em tribunal, a mulher foi acusada de homicídio pela morte da primeira criança e apenas de negligência no segundo caso, uma vez que se considerou que o bebé morreu sozinho. Por estes dois crimes, foi condenada a um ano de prisão, sentença que já a chocar o país.

Segundo a imprensa local, a mulher apresentava alguns problemas do foro psicológico, que terão sido desenvolvidos depois de o pai das crianças lhe ter dito para abortar e a ter abandonado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório