Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 16º

Edição

Grávida de 22 anos é morta em plena rua pelo companheiro

Mais um crime de feminicídio deixou o Equador em choque.

Grávida de 22 anos é morta em plena rua pelo companheiro
Notícias ao Minuto

10:24 - 23/01/19 por Andrea Pinto 

Mundo Ecuador

O assassinato de uma mulher grávida, este sábado, no Equador, está a chocar o país. A mulher foi morta em plena rua, perante polícia e outras testemunhas, que nada conseguiram fazer para impedir o desfecho fatal.

Diana Carolina Ramírez, de 22 anos, mãe de duas crianças e grávida de quatro meses, foi morta à facada, após ser mantida refém durante mais de uma hora por um homem com quem mantinha uma relação, segundo O Globo.

O crime foi difundido nas redes sociais e tem valido críticas à polícia do Equador, até por parte do Governo, pela inoperância dos agentes de autoridades.

Nas imagens que foram partilhadas, pode ouvir-se várias pessoas a incentivar a polícia a disparar contra Rafael Yordi, venezuelano de 22 anos.

Vítima e criminoso mantinham uma relação, mas segundo a família de Diana estavam agora separados. A polícia, que não conseguiu impedir a morte da mulher, mas que deteve o homem, acusa-o de feminicídio.

Na sequência do crime, que aconteceu na cidade de Ibarra, muitos são os atos e palavras de ódio contra os cidadãos de nacionalidade venezuelana que vivem naquela cidade. Nos últimos dias, tem-se assistido a vários conflitos, bem como a perseguições a venezuelanos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório