Meteorologia

  • 19 JANEIRO 2019
Tempo
MIN 9º MÁX 9º

Edição

"Única maneira de garantir que não saímos sem acordo é abandonar Brexit"

A primeira-ministra britânica falou esta segunda-feira numa fábrica em Stoke.

"Única maneira de garantir que não saímos sem acordo é abandonar Brexit"
Notícias ao Minuto

11:52 - 14/01/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Reino Unido

Num dos dois discursos que fará esta segunda-feira, a primeira-ministra britânica usou a sua ida a uma fábrica em Stoke, no centro do país, para alertar aqueles que ainda têm esperança de atrasar ou impedir o Brexit.

Theresa May deu conta de que sempre acreditou que sair sem acordo, "poderia significar uma disrupção significativa a curto prazo".

"Desde que cheguei a acordo com a União Europeia a respeito do acordo de saída e declaração sobre a futura relação, tenho defendido que as consequências da sua rejeição pelo parlamento seriam a de uma grave incerteza potencialmente levando a um de dois resultados: ou uma saída sem acordo que provocaria turbulência na economia, criando barreiras à cooperação de segurança, perturbando a vida das pessoas, ou o risco de não haver Brexit de todo", disse, lamentando ainda que "a não implementação do resultado de um referendo, pela primeira vez, desiludiria os britânicos".

A primeira-ministra explicou ainda que "ambas as alternativas continuam a ser possíveis se o acordo for rejeitado". "Existem visões diferentes sobre a ameaça do que uma saída sem acordo representa. "Sempre acreditei que, com o tempo, poderíamos ter sucesso numa saída sem acordo, mas a curto prazo isso causaria perturbações significativas", pelo que "seria muito melhor sair com um bom acordo", referiu.

A quem tem esperança de que haja outro referendo, atira Theresa May que a falha em conduzir o Brexit a bom termo "enviaria uma mensagem por parte de Westminster para sítios como Stoke de que as suas vozes não importam".

"Outros na Casa dos Comuns têm uma opinião diferente e veem a saída sem acordo como a derradeira ameaça que deve ser evitada a todo o custo. A esses eu digo: a única maneira de garantirmos que não saímos sem acordo é abandonar o Brexit, traindo o voto dos britânicos, ou sair com um acordo. E o único acordo em cima da mesa é aquele que os deputados vão votar amanhã à noite", enfatizou.

Os britânicos "estão prontos para que sigamos em frente" e para passarem da incerteza para "um futuro mais brilhante", garantiu. É isso que vai ser votado no parlamento britânico amanhã, referiu, apelando novamente a que aprovem o seu acordo, no final do discurso.

Questionada pela BBC sobre se acredita realmente que o seu acordo será aprovado amanhã, a primeira-ministra britânica respondeu que tem "falado com deputados ao longo do fim de semana" e que vai voltar ao parlamento "hoje e amanhã". "Vi deputados com quem falei a reconhecerem a importância do acordo e a dizerem que vão votar a favor quando no passado ainda tinham dúvidas", revelou.

Stoke é uma zona em que 69,4% dos eleitores votou a favor do Brexit. Esta tarde espera-se que Theresa May faça outra declaração, desta vez no Parlamento.

[Notícia atualizada às 12h15]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório