Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2019
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Estudante que publicou vídeo racista expulso de universidade brasileira

"Essa negraiada vai morrer", ameaçava jovem, num vídeo publicado nas redes sociais durante as eleições presidenciais.

Estudante que publicou vídeo racista expulso de universidade brasileira

O homem que publicou um vídeo com teor racista nas redes sociais, no dia em que foi votada a primeira volta das eleições presidenciais brasileiras, a 7 de outubro do ano passado, foi expulso da faculdade onde estudava direito.

Pedro Baleotti, de 25 anos de idade, filmou-se a fazer ameaças racistas, xenófobas e fascistas. “Essa negraiada vai morrer! Vai morrer! Capitão, levanta-te, o povo brasileiro precisa de você”, refere, dizendo-se também “armado com faca e pistola” e “louco para ver um vadio, vagabundo com camisola vermelha e matar logo”.

Depois das imagens terem ganhado tração nas redes sociais, ainda no ano passado, a Universidade Presbiteriana Mackenzie, situada em São Paulo, anunciou a suspensão do aluno, que também perdeu direito ao estágio.

No entanto, a universidade confirmou agora à Globo que Pedro foi mesmo expulso da instituição de ensino. “Os trâmites institucionais foram cumpridos e o aluno foi expulso, receberá todos os documentos quanto aos créditos cumpridos. A instituição não se coaduna com atitudes preconceituosas, discriminatórias e que não respeitam os direitos humanos”, indica o comunicado enviado àquela publicação.

Recorde-se que, nesta primeira volta das eleições, Jair Bolsonaro (PSL) foi o vencedor com 46,03% da preferência eleitoral, disputando o segundo turno com Fernando Haddad (PT). Bolsonaro foi eleito presidente brasileiro com 55,1% dos votos, tendo sido empossado no passado dia 1 de janeiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório