Meteorologia

  • 16 JANEIRO 2019
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

Homossexualidade é “aberração”, diz ministra de Bolsonaro

A agora ministra Damara Alves tem sido criticada por várias frases polémicas.

Homossexualidade é “aberração”, diz ministra de Bolsonaro
Notícias ao Minuto

09:54 - 13/01/19 por Melissa Lopes 

Mundo Brasil

Damara Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos do Brasil, que tem sido criticada por frases polémicas (“menino veste azul, menina veste rosa”; “a gravidez é um problema que dura nove meses”), está de novo no centro das atenções. Desta vez, em causa estão declarações sobre a homossexualidade.

Foram divulgados na internet vídeos onde se pode ver a agora ministra a dizer que a homossexualidade é uma “aberração” e uma “doença”.

Tais declarações terão sido proferidas numa palestra numa clínica de “restauração sexual”, conforme denunciou à revista Fórum um dos “pacientes” do tratamento.

Esta polémica surge numa altura em que, em Portugal, a TVI denunciou a existência de uma sociedade secreta cujo objetivo é 'curar' homossexuais.

No centro da polémica está uma psicóloga, Maria José Vilaça, que está convencida de que a homossexualidade é uma doença e que, como tal, pode ser 'curada'. 

De salientar que a Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou a homossexualidade da lista de doenças mentais no ano de 1990. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório