Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2019
Tempo
MIN 7º MÁX 10º

Edição

Fogo destruiu dezenas de máquinas hospitalares e fármacos na Venezuela

Um incêndio destruiu hoje dezenas de máquinas hospitalares e milhares de fármacos do Instituto Venezuelano de Segurança Social (IVSS), em Guarenas, Estado de Miranda, a leste de Caracas, com o Governo a atribuir a situação a um "atentado terrorista".

Fogo destruiu dezenas de máquinas hospitalares e fármacos na Venezuela
Notícias ao Minuto

22:05 - 11/01/19 por Lusa

Mundo Venezuela

O incêndio, que começou na tarde de quinta-feira (noite em Lisboa), provocou prejuízos avultados e destruiu na totalidade dois dos seis armazéns do IVSS, onde estavam milhares de medicamentos e diverso tipo de máquinas hospitalares.

Numa conferência de imprensa, o ministro da Educação, Aristóbulo Isturiz, explicou que tudo indica que o incêndio foi "um ato terrorista, de barbárie contra o humanismo" e que destruiu, além de equipamento médico, dois meses de tratamentos que estavam armazenados.

Segundo o ministro, o incêndio terá sido provocado de forma a contribuir para que se propagasse rapidamente, destruindo, por isso, uma maior quantidade materiais e equipamentos médicos, alguns dos quais tinham como destino centros de saúde atualmente em construção.

Num comunicado enviado à agência Lusa, o Ministério de Comunicação e Informação da Venezuela precisa que o incêndio destruiu o equipamento completos destinado a dois hospitais do IVSS, em Guanta e San Juan de los Morros, nos estados venezuelanos de Anzoátegui e Guárico, respetivamente.

Dois meses de tratamento de hemodiálise para 10.080 pacientes, equipamentos de ultrassom, de oftalmologia e odontologia, incubadoras, lâmpadas, equipamentos de raio-X, máquinas de anestesia, sistemas de ventilação, máquinas para tratamentos de hemodiálise e unidades de reanimação para recém-nascidos estavam nos armazéns que arderam.

No combate ao fogo participaram 200 elementos, entre pessoal dos bombeiros, da Proteção Civil, guardas e polícias nacionais, com 56 viaturas.

Para combater o incêndio, foram gastos quatro milhões de litros de água.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório