Meteorologia

  • 25 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

Pugilista filmado a agredir polícias ao soco com "carreira terminada"

Vídeo do pugilista a fazer recuar corpo de intervenção ao soco estava a ser partilhado nas redes sociais. Federação Francesa de Boxe repudiou ato do atleta, que se entregou às autoridades esta segunda-feira.

Pugilista filmado a agredir polícias ao soco com "carreira terminada"
Notícias ao Minuto

10:05 - 07/01/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo França

Um homem filmado a agredir agentes do corpo de intervenção na manifestação dos Coletes Amarelos, este sábado, em Paris, é afinal um antigo pugilista, que chegou a ser campeão de pesos-médios em França. Estava a ser procurado pela polícia e entregou-se esta segunda-feira.

O vídeo, partilhado pelo Le Parisien, mostra Christophe Dettinger, de 37 anos de idade, a saltar para a ponte Leopold-Sédar-Senghor, onde começou a combater ao murro os agentes de intervenção que ali estavam.

O cordão policial começou a recuar e, mais à frente, em imagens de grande violência. Dettinger é filmado a pontapear um agente no chão, juntamente com outros manifestantes.

Estas imagens começaram a ser partilhas como simbólicas do protesto.

O Sindicato Nacional de Comissários de Polícia publicou no sábado uma imagem de Dettinger, pedindo ajuda na sua identificação.

Posteriormente, já conhecida a identidade do antigo pugilista, o mesmo sindicato partilhou outra imagem de Dettinger, desta feita, com um aviso: “Caro senhor, você que pontapeou um colega no chão, já foi identificado. Para um pugilista, não parece respeitar muito as regras. Vamos ensinar-lhe o código penal”.

A Federação Francesa de Boxe mostrou repúdio pelas imagens, falando em "valores totalmente contrários" ao do desporto. O sindicato acrescentou: “E pronto, será castigado por quem de direito. No boxe, a sua carreira está terminada, pois não reúne os valores requeridos”.

O denominado VIII ato dos "coletes amarelos", em França, contou com 50 mil participantes, passando este sábado a deter o recorde de manifestantes, que têm exigido alterações nas políticas e causado inúmeros distúrbios, incluindo em Paris.

A autarquia de Paris referiu que um total de 101 pessoas foram detidas em Paris e 103 interrogadas pela polícia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório