Meteorologia

  • 25 MAIO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

Agentes condenados após deixarem duas detidas morrer durante tempestade

Agentes de autoridade da Carolina do Sul fugiram de tempestade mas deixaram duas prisioneiras trancadas no carrinha policial. Ambas morreram afogadas.

Agentes condenados após deixarem duas detidas morrer durante tempestade
Notícias ao Minuto

23:43 - 04/01/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Carolina do Sul

Dois agentes de autoridade norte-americanos que transportavam duas detidas durante o Furacão Florence são acusados de terem abandonado as mulheres à sua sorte, presas dentro do carro policial, acabando por morrer afogadas.

Stephen Flood e Joshua Bishop, ambos xerifes adjuntos do condado de Horry, na Carolina do Sul, foram esta sexta-feira de manhã acusados de dois crimes de homicídio involuntário, relativos às mortes de Nicolette Green, de 43 anos, e Wendy Newton, de 45.

De acordo com o Huffington Post, Flood é ainda acusado de um crime de homício negligente por ter, alegadamente, guiado o carro em direção ao perigo conhecendo os riscos.

Ambos foram demitidos da força policial em outubro depois de uma investigação interna ao incidente.

As duas mulheres morreram no dia 18 de setembro do ano passado. Os agentes estavam a transportá-las para instituições de saúde mental quando, ao tentarem contornar um bloqueio numa autoestrada, por causa da tempestade, foram arrastados pelas águas. Os agentes saíram do carro e as detidas ficaram.

Embora as duas mulheres não estivessem algemadas, nunca conseguiriam sair da parte de trás da viatura policial sem que alguém destrancasse as portas. A carrinha ficou submersa e assim permaneceu toda a noite, uma vez que o local não era seguro para as equipas de resgate.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório