Meteorologia

  • 21 ABRIL 2019
Tempo
20º
MIN 20º MÁX 21º

Edição

Padre condenou suicídio em funeral de jovem que tirou a própria vida

"Padre, por favor, pare", pediu-lhe o pai do adolescente. Arquidiocese de Detroit, nos Estados Unidos, emitiu comunicado a pedir desculpa pelo sucedido.

Padre condenou suicídio em funeral de jovem que tirou a própria vida

Os pais de um adolescente norte-americano que se suicidou teceram várias críticas ao padre que oficiou a sua cerimónia fúnebre, indicando que o sacerdote fez várias referências ao suicídio e disse até que ele poderia não entrar no céu por causa da forma como morreu.

Maison Hullibarger (na imagem), de 18 anos de idade, estudante universitário, cometeu suicídio a 4 de dezembro e no dia 8 de dezembro realizou-se o funeral, numa igreja de Temperance, no Michigan. O padre Don LaCuesta aceitou oficiar a cerimónia.

“Ele estava a condenar o nosso filho, basicamente a chamá-lo de pecador. Questionava se ele se tinha arrependido o suficiente para chegar ao céu. Disse a palavra ‘suicídio’ mais de seis vezes”, queixou-se o pai do jovem, Jeff Hullibarger, em entrevista ao Detroit Free Press.

O progenitor explicou que, a dada altura, levantou-se, aproximou-se do sacerdote e segredou-lhe: “Padre, por favor, pare”. Mas o sacerdote continuou. “Alguns jovens, que eram da idade do Maison, saíram da igreja a chorar”, acrescentou.

Alguns dias depois, a arquidiocese de Detroit emitiu um comunicado à mesma publicação onde condenou a escolha de discurso do sacerdote e adiantando que este não voltaria a oficiar funerais num futuro próximo.

“Compreendemos que esta situação dolorosa foi tornada mais difícil e lamentamos”, escrevia o comunicado, que acrescentava que o padre em questão concordou em receber “assistência” para se tornar “um sacerdote mais eficaz nestas situações difíceis”.

--

Serviços telefónicos de apoio emocional e prevenção ao suicídio em Portugal:

SOS Voz Amiga (entre as 16h e as 24h) - 800 209 899 (Número gratuito)

Conversa Amiga (entre as 15h e as 22h) - 808 237 327 (Número gratuito) e 210 027 159

SOS Estudante (entre as 20h e a 1h) - 239 484 020

Telefone da Esperança (entre as 20h e as 23h) - 222 080 707

Telefone da Amizade (entre as 16h e as 23h) – 228 323 535

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório