Meteorologia

  • 18 JANEIRO 2019
Tempo
MIN 8º MÁX 11º

Edição

Ministério Público acusa ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos

O Ministério Público japonês acusou oficialmente o antigo presidente da Nissan, Carlos Ghosn, de ocultar rendimentos da empresa durante um período de cinco anos, informou hoje a agência oficial Kyodo.

Ministério Público acusa ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos
Notícias ao Minuto

06:36 - 10/12/18 por Lusa

Mundo Japão

De acordo com a agência nipónica e o canal público NHK, o Ministério Público responsabiliza também a Nissan, uma vez que foi a empresa a apresentar os relatórios às autoridades.

Ghosn, detido em Tóquio há três semanas, foi entretanto demitido como presidente da Nissan e também das mesmas funções na empresa japonesa Mitsubishi.

Além de Ghosn foi também detido o seu principal colaborador, o norte-americano Greg Kelly.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório