Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Maduro diz ter provas de nova tentativa de golpe coordenado pelos EUA

O Presidente da Venezuela denunciou hoje que está em curso uma nova tentativa de golpe de Estado contra o Governo e disse ter provas de que é coordenada desde Washington, chamando o povo a defender a Constituição.

Maduro diz ter provas de nova tentativa de golpe coordenado pelos EUA

"Hoje está em marcha, coordenada diretamente desde a Casa Branca, uma tentativa de perturbar a vida democrática da Venezuela e uma tentativa de golpe de Estado, contra o regime constitucional, democrático e livre que há no nosso país", disse Nicolás Maduro.

O Presidente da Venezuela falava aos jornalistas em Cátia, oeste de Caracas, local onde, horas mais tarde, participou nas eleições para vereadores.

"Dentro da Constituição tudo, fora da Constituição nada. Oiçam-me na Casa Branca, vamos defender esta Constituição de vocês e faremos com que triunfe. Eu digo-o, porque sei o que estou a dizer. E [porque] sei que o nosso povo e as nossas Forças Armadas Bolivarianas darão a vida por manter viva a Constituição bolivariana", disse.

Nicolás Maduro referiu que há 19 anos, em 15 de dezembro de 1999, os venezuelanos votaram e validaram uma nova e "perfeita" Constituição, "a lei de todos, a lei das leis".

O Presidente venezuelano adiantou ainda que, nos próximos dias, dará uma conferência de imprensa, para fornecer detalhes e dados sobre esta nova tentativa de golpe de Estado desde a Casa Branca.

Nicolás Maduro pediu também aos jornais norte-americanos New York Times e Washington Post que divulguem os dados que têm sobre esta nova conspiração.

"O New York Times e o Washington Post também têm dados bem precisos", frisou.

Segundo Nicolás Maduro, entre março e abril de 2018, quando Caracas "derrotou e anulou" uma conspiração norte-americana que pretendia criar violência na Venezuela, aqueles jornais "divulgaram as provas de como, desde a Casa Branca, através do Governo colombiano, trataram de dividir as Forças Armadas [venezuelanas] e criaram distúrbios, divisão, violência e uma intentona de golpe de Estado" no país.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório