Meteorologia

  • 18 DEZEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

Xanana dá 'aula' sobre história do desenvolvimento dos projetos no Mar

O líder histórico timorense Xanana Gusmão deu hoje uma 'aula' sobre o setor petrolífero no Mar de Timor, no arranque de uma jornada em Díli, onde divulgará dados dos benefícios para Timor-Leste do projeto do Greater Sunrise.

Xanana dá 'aula' sobre história do desenvolvimento dos projetos no Mar
Notícias ao Minuto

08:16 - 08/12/18 por Lusa

Mundo Timor

"Se tiverem dúvidas apontem, tomem nota e responderemos", disse, depois de uma apresentação inicial de resumo, num encontro que decorre no Centro de Convenções de Díli.

Em pé, com um microfone de apresentação sem fios e vestido uma 't-shirt' azul do Gabinete de Fronteiras Marítimas, Xanana Gusmão, o ex-Presidente e antigo primeiro-ministro de Timor-Leste arrancou a jornada com um resumo do processo histórico do tema das fronteiras marítimas de Timor-Leste, que "não pode ser esquecido".

"Processos difíceis e complexos" em que Timor-Leste conseguiu, progressivamente, conquistar os seus direitos, vendo reconhecida a posição das fronteiras que o país sempre reivindicou, referiu.

O encontro decorre com a presença, entre outros, do primeiro-ministro Taur Matan Ruak, do presidente do Parlamento Nacional, Arão Noé Amaral, do presidente do Tribunal de Recurso, Deolindo dos Santos, de vários membros do Governo, deputados e outros dirigentes nacionais.

Entre os ausentes destacaram-se o Presidente da República, Francisco Guterres Lu-Olo, e o secretário-geral da Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin), o maior partido da oposição, Mari Alkatiri.

A jornada de hoje foi organizada por Xanana Gusmão - negociador principal de Timor-Leste para a questão do Mar de Timor - para a apresentação dos pormenores associados ao desenvolvimento dos poços Greater Sunrise, no Mar de Timor, e do projeto associado na costa sul, conhecido como Tasi Mane.

Um processo que incluiu o polémico Tratado de Timor Gap, assinado pela Austrália e pela Indonésia em 1989, o Tratado de 1997 sobre a Zona Económica Exclusiva (ZEE) entre os dois países, o Tratado do Mar de Timor assinado entre Austrália e Timor-Leste em 2002 e o Tratado sobre Determinados Ajustes Marítimos no Mar de Timor (CMATS).

Finalmente, em 06 de março deste ano, Timor-Leste e a Austrália assinaram, em Nova Iorque, o histórico "Acordo de pacote abrangente sobre os elementos centrais de uma delimitação de fronteiras marítimas entre os dois países no Mar de Timor", que finalmente fixa as fronteiras que os timorenses sempre reivindicaram.

Um longo percurso que chegou a incluir espionagem, por parte da Austrália, durante as negociações do CMATS e, posteriormente, rusgas a um escritório de um advogado de Timor-Leste em Camberra durante a qual foram confiscados documentos confidenciais timorenses.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório