Meteorologia

  • 18 JUNHO 2019
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Escritório de professora judia vandalizado com graffitis de suásticas

As autoridades estão a investigar um possível crime de ódio.

Escritório de professora judia vandalizado com graffitis de suásticas

O escritório de uma professora judia da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, foi vandalizado com dois graffitis de suásticas nas paredes e uma palavra depreciativa dirigida ao povo judeu. Segundo a CNN, a polícia está a investigar o caso como um possível crime de ódio.

A professora Elizabeth Midlarsky publicou vários artigos sobre o Holocausto e em declarações à CNN deu conta de que quando abriu a porta quase desmaiou. "Estava a tremer tanto, não sabia se ia conseguir chegar aos seguranças", revelou.

A mulher, que trabalha no estabelecimento de ensino há 28 anos, reportou o incidente à equipa de segurança e recebeu apoio dos funcionários antes de ser levada para casa.

Esta não é a primeira vez que acontece uma coisa do género à docente. Em 2007 deparou-se com uma suástica pintada na porta do seu gabinete.

Elizabeth, de 77 anos e com uma saúde frágil, referiu ainda que começou a receber várias cartas e emails de ódio desde essa altura, o que crê estar relacionado com o seu trabalho como ativista judia. 

O presidente da universidade, Thomas Bailey, garantiu num comunicado emitido esta quarta-feira que o estabelecimento "condena inequivocamente qualquer expressão de ódio". "Estamos indignados e horrorizados por este ato de agressão e uso deste vil símbolo anti-semítico contra um membro estimado da nossa comunidade".

A polícia de Nova Iorque não tem para já suspeitos relacionados com o caso.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório