Meteorologia

  • 16 JULHO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 21º

Edição

A morte da filha de um aristocrata que está a chocar Inglaterra

Família aristocrata inglesa é ensombrada pela tragédia pela segunda vez. Jovem de 18 anos que morreu de overdose prostituía-se para comprar drogas.

A morte da filha de um aristocrata que está a chocar Inglaterra

Lady Beth Douglas, de 18 anos, foi encontrada morta a 7 de março deste ano, em Notting Hill. A morte da jovem, filha do marquês de Queensberry, uma das famílias mais ricas de Inglaterra, foi recebida com choque no país.

Passados meses, o caso continua a dar que falar por causa das circunstâncias em que Beth Douglas perdeu a vida. A causa de morte foi uma overdose de heroína e cocaína, mas só agora foi revelado pela investigação que a morte aconteceu depois de uma uma festa que durou dois dias.

Sabe-se agora também que o dono da casa onde Beth morreu, num dos bairros mais caros de Londres, era um conhecido traficante de drogas.

O homem, diz o Daily Mail, nunca foi ouvido pela polícia e a família queixa-se de que as autoridades não estão a fazer os esforços necessários para chegar aos culpados pela morte de Beth.

A família indicou, ainda, que os problemas de Beth com as drogas começaram quando tinha 15 anos, tendo chegado a estar internada numa clínica de desintoxicação, mas sem sucesso. Terá sido em 2016 que abriu uma conta na rede social Twitter (‘Goddess Candy’) onde vendia serviços sexuais para conseguir dinheiro para drogas.

Esta é a segunda tragédia a abater-se sobre os aristocratas Queensberry. O patriarca da família, David Douglas, de 88 anos, já havia perdido o seu terceiro filho, Lord Milo Douglas, em 2009. Milo suicidou-se aos 34 anos depois de vários anos a lutar contra a depressão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório