Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 12º MÁX 12º

Edição

Caçadora alvo da ira de ativistas morreu ao cair do seu cavalo

Mulher viu-se, há cerca de 11 meses, envolvida num conflito com um sabotador, tendo recorrido à força para o fazer largar o seu cavalo.

Notícias ao Minuto

10:45 - 09/11/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Reino Unido

Uma mulher que estava à espera para ser julgada por ter chicoteado um homem durante uma atividade de equitação, morreu na sequência de uma queda de cavalo.

Jane Goring, de 57 anos, viu-se exposta ao escrutínio público depois de ter chicoteado um homem que se atirou para cima do seu cavalo, numa ação de protesto contra atividades de caça com cavalos. Pode recordar o momento no vídeo acima.

A mulher preparava-se para ser julgada em breve pelo seu comportamento, quando caiu do seu cavalo, esta quarta-feira, durante uma caçada de arrasto, desporto em que cavaleiros e cães perseguem uma espécie de alvo artificial.

A notícia da sua morte foi partilhada na página de Facebook deste grupo de cavaleiros. 

Embora os amigos a lembrem com saudade, houve também alguns defensores da causa animal que comentaram que Jane Goring "não deixaria de saudades".

Saliente-se que em várias zonas do Reino Unido, onde a prática das caçadas de arrasto são tradição, tem-se intensificado o conflito entre os caçadores a cavalo e um grupo de ativistas, conhecidos como sabotadores por tentarem impedir as caçadas organizadas pelos primeiros, considerando que se tratam de atos de tortura para com os animais envolvidos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório