Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 14º

Edição

Reabriu restaurante que fechou depois de ataque aos Skripal

O Zizzi estava fechado desde março. Funcionários receberam apoio psicológico e estabelecimento continuou a pagar-lhes o salário.

Reabriu restaurante que fechou depois de ataque aos Skripal
Notícias ao Minuto

18:44 - 05/11/18 por Fábio Nunes 

Mundo Salisbury

O restaurante Zizzi em Salisbury tornou-se num dos símbolos do ataque com o gás nervoso Novichok ao ex-espião Sergei Skripal e à sua filha Yulia. As imagens do restaurante com uma fita em seu redor a interditar o acesso correram o mundo.

Agora, oito meses depois do ataque, o Zizzi vai voltar a abrir portas. A reabertura vai acontecer esta terça-feira, adianta o Telegraph.

Sergei Skripal e a filha tinham jantado no restaurante antes de adoecerem e as autoridades detetaram vestígios de Novichok no espaço.

Depois de ter sido passado a ‘pente fino’ por uma equipa de especialistas militares e de ter sido declarado como seguro pelo Departament for Environment, Food and Rural Affairs, o Zizzi sofreu uma remodelação.

Phil Boyd, diretor de operações do restaurante, garante que apesar da associação negativa nunca esteve em cima da mesa a possibilidade de mudarem o estabelecimento para outro local. Durante o tempo em que o Zizzi esteve encerrado, os seus funcionários receberam apoio psicológico e o salário.

“Foi um período particularmente difícil para toda a nossa equipa. Mantivemo-los com a remuneração completa e estivemos em contacto regular com eles", admitiu Phil Boyd.

Para celebrar a reabertura do restaurante, esta terça-feira os clientes só vão pagar aquilo que acham justo pela refeição e esse dinheiro será doado a instituições de caridade.

Sergei Skripal e a filha Yulia foram encontrados inconscientes num banco de jardim no dia 4 de março. Acabaram por recuperar depois de passarem meses no hospital. No final de junho, duas pessoas também deram entrada no hospital depois de terem sido expostas ao Novichok. Dawn Sturgess e Charlie Rowley viviam perto da residência dos Skripal em Wiltshire. Dawn acabou por morrer, enquanto que Charlie recuperou.

O Reino Unido responsabiliza a Rússia pelo ataque, mas o Kremlin tem negado sempre o seu envolvimento. Desde março as relações entre os dois países estão bastante tensas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório