Meteorologia

  • 13 DEZEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

Júri no julgamento de El Chapo será anónimo e terá escolta para tribunal

O tribunal vai estar fechado ao público durante a escolha do júri.

Júri no julgamento de El Chapo será anónimo e terá escolta para tribunal
Notícias ao Minuto

12:20 - 05/11/18 por Fábio Nunes 

Mundo EUA

Esta segunda-feira tem início um dos julgamentos que promete mais mediatismo a nível global. Joaquin ‘El Chapo’ Guzman, o antigo líder do cartel de droga mais poderoso do México, o cartel de Sinaloa, vai começar a ser julgado pela justiça norte-americana em Nova Iorque. O julgamento arranca com a escolha do júri, que não será nada fácil neste caso.

“De muitas formas este julgamento não tem precedentes. A atenção pública é extraordinária. Não há muitos casos em que as alegações sejam dramatizadas em produções televisivas e em podcasts antes mesmo de o julgamento começar”, considera o juiz Brian Cogan, que vai presidir ao julgamento.

De acordo com a CNN, devido ao historial de violência de El Chapo e do cartel de Sinaloa, o juiz Cogan ordenou que o júri mantenha o anonimato. Os seus nomes, moradas e locais de trabalho vão ser mantidos em segredo enquanto o julgamento durar, o que pode prolongar-se por quatro meses. Além disso, o júri vai ser escoltado de e para o tribunal por agentes da autoridade armados.

O advogado de defesa de El Chapo, Eduardo Balarezo, salienta que essa escolta armada vai ser prejudicial para o seu cliente e “serve para reforçar as provas do governo criando a impressão de que o sr. Guzman é culpado e perigoso”.

Durante a escolha do júri, o tribunal estará encerrado ao público. Os potenciais jurados serão questionados pelos advogados de acusação e de defesa pelas suas opiniões sobre a legalização de narcóticos, assim como pela sua experiência com drogas e crime violento. As relações entre as autoridades norte-americanas e mexicanas também devem vir à tona.

Depois de escolhido o júri, terão lugar as alegações iniciais, no dia 13 de novembro. El Chapo enfrenta acusações de tráfico de droga internacional, conspiração para homicídios, posse de armas e lavagem de dinheiro. Se for considerado culpado, pode ser sentenciado a uma pena de prisão perpétua.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório