Meteorologia

  • 20 ABRIL 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 15º

Edição

Jornalista que pontapeou migrantes absolvida pelo Supremo Tribunal

Jornalista foi despedida na sequência do seu ato.

Jornalista que pontapeou migrantes absolvida pelo Supremo Tribunal
Notícias ao Minuto

11:59 - 31/10/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Hungria

A jornalista húngara, que pontapeou vários migrantes em 2015, durante uma reportagem, foi absolvida pelo Supremo Tribunal da Hungria.

As imagens do momento, que se tornaram virais, mostravam Petra László a pontapear dois migrantes, entre eles uma criança, que tentavam fugir à polícia na sequência de um conflito na cidade de Roszke.

Segundo comunicado emitido pelo tribunal, “a repórter de imagem foi absolvida devido à ausência de uma infração”, decisão que se opõe à tomada pelos tribunais de primeira instância, noticia o The Telegraph.

Os juízes consideraram que embora o comportamento da operadora de câmara tenha sido "incorreto", tratou-se de "uma perturbação e não de vandalismo".

O incidente aconteceu numa altura em que se vivia uma crise de migrantes na Europa e em que muitos tentavam dar entrada no Velho Continente.

Em 2017, os tribunais de instâncias menores decretaram que Petra seria condenada a três anos de pena suspensa pelo ato de vandalismo. 

Em sua defesa, Petra Lázló contou que quando estava a trabalhar na zona de Röszke, centenas de refugiados começaram a correr, o que a assustou. "É difícil tomar decisões corretas quando se está em pânico. Não consegui fazê-lo", assegurou, defendendo "não merece a caça às bruxas política", bem como as ameaças, até de morte, que recebeu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório