Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 14º

Edição

PT diz que Haddad será o articulador da oposição ao futuro governo

A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) do Brasil, Gleisi Hoffmann, disse hoje que Fernando Haddad, candidato derrotado nas eleições, será o articulador de uma frente de oposição ao novo governo liderado por Jair Bolsonaro.

PT diz que Haddad será o articulador da oposição ao futuro governo
Notícias ao Minuto

22:10 - 30/10/18 por Lusa

Mundo Brasil/Eleições

"O PT dará todas as condições para que Fernando Haddad possa exercer esse papel de articulador junto com outras lideranças sociais e de partidos políticos para consolidar essa frente de resistência", disse Gleisi Hoffmann.

"Haddad, no nosso entender, tem um papel muito relevante nesse processo, um papel maior do que o PT porque ele sai depositário da esperança do povo e da luta pela democracia de diversos setores da sociedade", acrescentou a senadora, de acordo com a Agência Brasil.

As afirmações da presidente nacional do Partido dos Trabalhadores ocorreram logo após a primeira reunião de avaliação do diretório nacional do PT, depois das eleições presidenciais de domingo, onde o partido saiu derrotado.

A senadora afirmou ainda que o PT vai liderar o movimento contra a aprovação da reforma da previdência do Governo do recém-eleito Presidente da República do Brasil Jair Bolsonaro: "[Será estabelecida uma] frente de resistência pela democracia e pelos direitos do povo frente ao governo que está prestes a tomar posse", disse Gleisi Hoffmann.

O candidato do Partido Social Liberal (PSL, extrema-direita) Jair Messias Bolsonaro, 63 anos, capitão do Exército reformado, foi eleito no domingo, na segunda volta das eleições presidenciais, o 38.º Presidente da República Federativa do Brasil, com 55,1% dos votos.

De acordo com os dados do Supremo Tribunal Eleitoral, Fernando Haddad, candidato do Partido dos Trabalhadores (PT, esquerda), conquistou 44,9% dos votos, com o escrutínio provisório (99,99% das urnas apuradas) a apontar para 21% de abstenção do total de eleitores inscritos (mais de 147,3 milhões).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório