Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 7º MÁX 14º

Cadeia de televisão privada mais antiga da Grécia deixa de transmitir

A cadeia de televisão privada mais antiga da Grécia, Mega Channel, parou de emitir esta madrugada, como resultado dos seus problemas financeiros, depois de quase três décadas no ar.

Cadeia de televisão privada mais antiga da Grécia deixa de transmitir

Pouco depois das duas horas da madrugada, a imagem ficou totalmente preta numa altura em que a cadeia emitia um capítulo de uma das séries de produção nacional de maior êxito das últimas décadas.

Anteriormente, os trabalhadores da cadeia televisiva já se haviam despedido do público, com um vídeo que compilava os melhores momentos de 29 anos de transmissão.

O sinal foi interrompido por ordem do Conselho Nacional de Radiodifusão (CNRT) depois de, no início de outubro, o Supremo Tribunal Administrativo ter rejeitado o recurso apresentado pelos trabalhadores para continuar a emitir.

A empresa estava praticamente falida desde 2016 e, desde então, só emitia produções antigas.

Os problemas financeiros começaram em 2012, após a queda abrupta nas receitas de publicidade, especialmente agravada pela crise económica.

Na primavera de 2016, quando as dívidas da empresa já haviam atingido os 200 milhões de euros, os bancos credores bloquearam as suas contas bancárias.

Por outro lado, as falências de dois dos seus três principais acionistas, os grupos de media Pégasus e DOL, propriedade de dois empresários, contribuiu para a falência.

Em março passado, o CNRT pediu o encerramento dessa cadeia, uma vez que, devido à sua situação financeira, não poderia licitar uma licença de transmissão.

Em maio, o CNRT atribuiu licenças para cinco canais privados, como parte do processo de regularização do mercado audiovisual no país, lançado pelo Governo de Alexis Tsipras, depois de décadas com os canais a emitirem sem renovar a permissão.

Entre as condições que as empresas têm de cumprir, inclui-se a obrigação de ter um capital social de oito milhões de euros, nenhuma dívida com a Segurança Social, nem com as Finanças, dispor de meios adequados, garantir um número mínimo de postos de trabalho e respeitar a lei trabalho.

A MEGA não reunia estas condições, razão por que não se pôde candidatar ao concurso.

A MEGA começou a transmitir em 20 de novembro de 1989 e, durante as duas primeiras décadas de existência, produziu várias séries de grande sucesso, além de programação informativa.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório