Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Engenho explosivo no edifício da CNN era destinado a ex-diretor da CIA

O engenho explosivo encontrado no edifício Time Warner, onde são os escritórios de Nova Iorque da CNN, era destinado a John Brennan, antigo diretor da CIA. A confirmação foi feita por agentes de autoridades à própria estação norte-americana.

Engenho explosivo no edifício da CNN era destinado a ex-diretor da CIA

As autoridades de Nova Iorque indicaram à CNN que o engenho explosivo detetado no edifício Time Warner, onde são os escritórios da estação de televisão norte-americana, tinha como destinatário o antigo diretor da CIA, John Brennan.

O engenho, havia já confirmado a polícia nova-iorquina, foi encontrado junto com outra correspondência destinada àquele edifício e é similar aos engenhos enviados à residência dos Clinton, ao escritório de Barack Obama e à casa de George Soros.

John Brennan, sublinha a estação, trabalhava na agência de informação durante a administração de Barack Obama e é um convidado frequente da CNN, onde já manifestou por diversas vezes uma opinião crítica ao governo de Donald Trump.

Abaixo pode ver um vídeo do transporte do engenho explosivo para as instalações da polícia de Nova Iorque, no Bronx. As imagens foram partilhadas por um dos jornalistas da CNN. Sublinhe-se que todo o edifício foi evacuado por precaução.

Recorde-se que esta quarta-feira os Serviços Secretos norte-americanos anunciaram que intercetaram engenhos explosivos improvisados enviados para os antigos presidentes Bill Clinton e Barack Obama, o mesmo tipo de dispositivo que também foi encontrado na casa do multimilionário George Soros na segunda-feira.

Também se tinha avançado que a Casa Branca havia sido alvo do envio de um pacote similar, mas essa informação foi negada, esta quarta-feira, pelos serviços secretos norte-americanos. "As notícias da imprensa sobre um terceiro pacote intercetado que era dirigido à Casa Branca são incorretos", indicaram na sua conta oficial da rede social Twitter.

A Casa Branca reagiu já aos incidente, condenando  os "atos desprezíveis" que visaram o ex-casal presidencial Bill e Hillary Clinton e o ex-Presidente Barack Obama.

No vídeo abaixo pode ouvir o alarme de incêndio a disparar enquanto os jornalistas da CNN estão em direto. A situação no local está, porém, controlada, de acordo com as autoridades.

[Notícia atualizada às 17h18]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório