Meteorologia

  • 16 NOVEMBRO 2018
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Cidadã russa é a primeira arguida por interferência em eleições nos EUA

Acusação inclui tentativa de interferência nas eleições deste ano.

Cidadã russa é a primeira arguida por interferência em eleições nos EUA
Notícias ao Minuto

22:00 - 19/10/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Acusação

Elena Alekseevna Khusyaynova, de 44 anos, é a primeira cidadã russa acusada oficialmente de interferência nas eleições norte-americanas.

A acusação foi hoje conhecida e inclui suspeitas de tentativa de interferência nas eleições intercalares de 2018, como explicou fonte próxima do processo à Reuters.

Elena Alekseevna Khusyaynova é apontada como responsável pelo projeto Lakhta, uma iniciativa que terá sido financiada por empresas ligadas ao oligarca russo Evgeny Viktorovich Prigozhin

Como este processo inclui suspeitas sobre as eleições de 2018, o caso não está sob a alçada do procurador especial Robert Mueller, o homem que tem liderado as investigações à alegada interferência russa às eleições presidenciais de 2016, que valeram a eleição a Donald Trump.

A arguida é suspeita de, através das redes sociais, ter levado a cabo uma "guerra de informação" contra os Estados Unidos.

Saliente-se que, em julho deste ano, Robert Mueller apresentou acusações contra 12 cidadãos russos por alegado envolvimento no ataque informático aos servidores do Partido Democrata.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório