Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2018
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 14º

Edição

Negociações em pausa até cimeira. UE intensifica plano de contigência

A Comissão Europeia confirmou hoje que as negociações para a saída do Reino Unido da UE estão paradas até quarta-feira, dia em que os chefes de Estado e de Governo dos 27 irão fazer um ponto de situação sobre o ‘Brexit’.

Negociações em pausa até cimeira. UE intensifica plano de contigência
Notícias ao Minuto

12:11 - 15/10/18 por Lusa

Mundo Brexit

“O que posso dizer é que, apesar de negociações intensivas, vários pontos-chave [do acordo] se mantém por solucionar. Mais nenhumas negociações estão previstas antes do jantar de quarta-feira à noite. Na quarta-feira, Michel Barnier vai informar os líderes, que depois irão analisar a situação”, avançou o porta-voz do executivo comunitário.

Na conferência de imprensa diária da instituição, Margaritis Schinas escusou-se a entrar “em detalhes adicionais”, depois de, no domingo, o principal negociador da UE para o 'Brexit', Michel Barnier, ter afirmado, após uma reunião com o ministro britânico responsável por este dossiê, Dominic Raab, que ainda há questões a ser resolvidas para chegar a um acordo.

“Tenho de manter-me fiel à minha declaração. Percebo que haja apetite para mais, mas não posso avançar mais”, acrescentou.

Instando a comentar um cenário de ‘no deal’, o porta-voz da Comissão Europeia limitou-se a repetir que o bloco comunitário continua a trabalhar “intensivamente” para alcançar um acordo, ao mesmo tempo que "prossegue e intensifica" o plano de contingência para a eventual ausência de acordo da saída do Reino Unido da UE.

Apesar das insistentes questões dos jornalistas em Bruxelas, o porta-voz comunitário reiterou que o próximo passo no processo de negociações do ‘Brexit’ será o jantar dos chefes de Estado e de Governo dos 27, que marcará o início da cimeira europeia, em Bruxelas.

Em relação às críticas feitas no domingo pelo antigo ministro para o ‘Brexit’, David Davis, ao plano da primeira-ministra, Theresa May, Schinas admitiu que a Comissão viu “comentários de várias pessoas”.

“Não estamos aqui para comentar comentários, mas para negociar”, rematou.

O antecessor de Dominic Raab na chefia das negociações com a UE, David Davis, escreveu no domingo no Sunday Times que a proposta de manter o Reino Unido na união aduaneira até que seja possível desbloquear a questão da fronteira irlandesa é “completamente inaceitável” e pediu aos ministros que exerçam a sua “autoridade coletiva” contra o plano de May.

Theresa May enfrentou nos últimos dias fortes críticas dentro do seu Governo devido à sua proposta.

A primeira-ministra britânica reúne o seu executivo na terça-feira, véspera do início da cimeira europeia de 17 e 18 de outubro, considerada decisiva para o processo de saída do Reino Unido da UE.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório