Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2018
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 18º

Edição

IURD está com Bolsonaro e fala em "declarações caluniosas" de Haddad

O líder da IURD, Edir Macedo, declarou o seu apoio ao candidato da extrema-direita.

IURD está com Bolsonaro e fala em "declarações caluniosas" de Haddad
Notícias ao Minuto

16:04 - 13/10/18 por Pedro Filipe Pina 

Mundo Brasil

A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) mantém uma legião de milhões de seguidores do culto no Brasil e veio a público criticar, na última sexta-feira, o que diz serem "declarações caluniosas" de Fernando Haddad.

Fernando Haddad é o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) que irá disputar as eleições contra Jair Bolsonaro, a figura da extrema-direita que, após décadas de uma carreira política discreta, se tornou o principal candidato a vencer as presidenciais brasileiras.

Em campanha, e questionado sobre a candidatura rival, Haddad resumiu Bolsonaro como sendo a ligação entre "o neoliberalismo desalmado" do seu conselheiro para a economia, Paulo Guedes, com o "fanatismo charlatão" de Edir Macedo, o homem forte da IURD que foi, em 2017, uma das figuras da igreja referidas na série de reportagens da TVI sobre alegadas adoções ilegais de crianças portuguesas por figuras da IURD.

A IURD reagiu no seu site com críticas a Haddad. 

A IURD diz que "o ex-prefeito de São Paulo desrespeita não apenas os mais de 7 milhões de adeptos da Universal apenas no Brasil, mas todos os brasileiros católicos e evangélicos que não querem a volta ao poder de um partido político que tem como projeto a destruição dos valores cristãos, como a família, a honra e a decência".

A IURD diz ainda que quando, no passado, a IURd deu apoio a Lula, "o apoio era muito bem-vindo. Agora, quando o líder espiritual da Universal declara que seu candidato é Jair Bolsonaro, o bispo Macedo deve ser ofendido de forma leviana?".

A IURD acusa ainda Haddad de "tentar incitar uma guerra religiosa" num texto que pode ser lido clicando aqui.

Recorde-se que Edir Macedo anunciou o seu apoio a Jair Bolsonaro.

Fernando Haddad entrou na corrida após substituir Lula da Silva, o ex-presidente que está a cumprir pena por corrupção. 

Bolsonaro e Haddad disputam a 28 de outubro a segunda volta das eleições presidenciais, num clima tenso que faz desta a eleição mais polarizadora no país desde a transição para a democracia após a ditadura militar.

Eis o momento em que Haddad fez as declarações que motivaram a reação da IURD. O excerto das declarações foi publicado na página oficial da IURD no YouTube.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório