Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 24º

Edição

Revolta: A carta de um avô à pessoa que envenenou o cão da neta

"És um cobarde que se esconde no anonimato para fazer mal aos animais ", escreveu o avô.

Revolta: A carta de um avô à pessoa que envenenou o cão da neta
Notícias ao Minuto

10:18 - 12/10/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Espanha

Um avô de Aznalcóllar, em Espanha, está a emocionar os seus compatriotas com uma carta que escreveu depois de se terem registado uma série de envenenamentos a animais nas últimas semanas. Um dos animais visados foi a cadela da sua neta. 

"Chamo-me Francisco Mateos Caballero, tenho 73 anos, e sou avô da Celia, a menina cuja cadela envenenaste. Alcançaste o teu objetivo, matar um cão, pobre animal. Mas só te vou descrever o dano colateral que causaste", começa por escrever. 

A pequena Nuka morreu depois de comer um pedaço de chouriço que continha um forte pesticida, que, segundo o ABC, é perigo para animais e humanos.

"A minha neta passeia o seu cão muitas vezes na companhia da sua prima, de três anos. Já pensaste que uma criança pode tocar nesse veneno e meter as mãos à boca? [...] Não só pões em risco a vida dos animais e os sentimentos dos seus donos, como estás a pôr em risco a vida de uma criança", pode, por isso, ler-se na carta.

Ciente do poder de divulgação das redes sociais, o homem pediu à filha que partilhasse a carta que escreveu, como forma de dissuadir o responsável por estes envenenamentos. Em poucas horas, a  publicação teve centenas de reações.

Segundo o homem, o sonho de Celia sempre foi ter um cão. À medida que foi crescendo os pais acharam que esta seria uma boa forma de lhe incutir alguma responsabilidade. Assim, e no dia da sua primeira comunhão, ofereceram-lhe a Nuka.

A cadela morreu no final de setembro quando passeava com o pai de Celia. Segundo o mesmo, a quantidade de veneno no pedaço de comida era tal que nada havia a fazer pela cadela.

"Não és mais que um cobarde, uma pessoa má, que se esconde no anonimato para fazer mal aos animais e às pessoas que gostam deles. Por último, peço-te um favor: antes de fazeres algo assim, pensa no danos que podes causar", culmina. 

 

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório