Meteorologia

  • 12 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Jovem agredida por piloto: "Disse-me que era mulher e tinha de aceitar"

Caso foi denunciado em setembro, mas continua a dar que falar.

Jovem agredida por piloto: "Disse-me que era mulher e tinha de aceitar"
Notícias ao Minuto

19:31 - 09/10/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Brasil

Foi em setembro que Melissa Gentz denunciou o abuso de que foi alvo por parte do namorado, o piloto de motocross Erick Bretz. A estudante brasileira fê-lo através do Instagram, onde publicou uma fotografia com as marcas com que ficou no rosto, na sequência das agressões.

Em causa, estaria uma fotografia que Melissa partilhou na rede social, bem como uma série de mensagens que esta recebia no Whatsapp, por parte dos seus seguidores.

Em entrevista à Globo, a jovem revela que Erick sempre se mostrou possessivo e que eram várias as discussões por causa da sua obsessão com o telemóvel. Chegou mesmo a ameaçar Melissa de que magoaria os seus pais, caso ela revelasse a alguém o seu comportamento mais agressivo.

Quando as discussões assumiram proporções mais graves, Melissa decidiu denunciá-lo nas redes sociais. Uma fotografia que lhe valeu múltiplas mensagens de apoio e que a modelo decidiu agora agradecer.

Ver esta publicação no Instagram

Sabe como temos um lado do nosso rosto que geralmente gostamos mais? Eu gosto do meu lado esquerdo, infelizmente o lado que foi mais marcado pela violência. Hoje foi o primeiro dia que resolvi passar rímel e blush no lado direito do meu rosto. Não vou esconder as marcas da minha história porque NENHUMA mulher precisa ter vergonha ou se sentir culpada por ter sido violentada. You know how we usually have a side of our face that we prefer more than the other? I like my left side. Unfortunately, it’s the side that was severely bruised by violence. Today was the first day in which I felt like passing some mascara and blush on the right side of my face... I won’t hide the marks of my story because NO woman should feel ashamed of feel blamed for being a victim of domestic violence.

"Bons dias. Eu ainda não estava pronta para mostrar a minha cara aqui no Instagram mas queria muito agradecer a todas as pessoas que me têm apoiado. Não tenho como agradecer a todas as mulheres e homens que me têm enviado mensagens", começa por dizer numa 'Instastorie'. Melissa revela que o seu objetivo é dar força às mulheres e fazê-las perceber que "um homem que faça isto uma vez pode voltar a fazê-lo", pelo que incentiva qualquer vítima de agressão a "terminar o namoro antes que seja tarde de mais".

Melissa revela ainda que seriam diversas as vezes em que Erick tentava assumir o seu poder, enquanto homem, na relação. 

"Não aceitas que um homem tenha mais poder que tu. Não o aceitas e achas que és o homem da relação. Mas não o és. És uma mulher e tens que aceitá-lo", terá dito, segundo cita a Marca, Erick.

Recorde-se que na sequência da acusação Erick, que é natural de Belo Horizonte, no Brasil, foi preso, e libertado após o pagamento de uma fiança. O casal namorava há três meses e vivia atualmente na Florida, onde esta ambicionava prosseguir os seus estudos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório