Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Candidatos 'barrados' por justiça no Brasil recebem 3,7 milhões de votos

No último domingo os brasileiros não votaram apenas para eleger um presidente.

Candidatos 'barrados' por justiça no Brasil recebem 3,7 milhões de votos
Notícias ao Minuto

10:35 - 09/10/18 por Pedro Filipe Pina 

Mundo Eleições

O último domingo foi de eleições gerais no Brasil. Embora o foco esteja na escolha do futuro presidente, os brasileiros votaram também para eleger deputados para o parlamento bem como senadores governadores de Estados.

A lista de candidatos colocada nas urnas eletrónicas era, portanto, extensa. E entre elas havia mais de mil candidatos que estavam ainda 'barrados' pela Justiça, à espera de uma decisão sobre os recursos.

Conta o G1 que, no total, 1.066 candidatos viram os seus nomes serem incluídos nas listas eleitorais.

Estes candidatos viram o seu registo rejeitado pela Justiça Eleitoral mas ainda têm recursos pendentes nos tribunais regionais eleitorais e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Juntos, no total, estes candidatos somaram mais de 3,7 milhões de votos na eleição do passado domingo, isto num universo de 147 milhões de eleitores aptos a participar nas recentes eleições.

À medida que as decisões foram tomadas pelos tribunais, logo se saberá se os votos que estes candidatos receberam são válidos ou se foram definitivamente anulados. 

Dia 28 os brasileiros votam na segunda volta das presidenciais. Jair Bolsonaro, o candidato da extrema-direita, parte na frente após ter obtido 46% dos votos na primeira volta. O seu opositor será Fernando Haddad, antigo ministro e o substituto de Lula da Silva, que se encontra detido a cumprir uma pena de 12 anos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório