Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Gasta 60 mil euros em cão com cancro terminal

Mulher endividou-se por animal que acabou por morrer.

Gasta 60 mil euros em cão com cancro terminal

A norte-americana Jodi Ekberg gastou 60 mil euros para tratar Frankie, um husky de nove anos que ‘trabalhava’ como cão de terapia e que tinha um cancro terminal.

A mulher, de 57 anos, endividou-se pelo animal, mas diz que não se arrepende de o ter feito apesar deste ter morrido.

“O Frankie era a minha alma gémea canina. Ambos fomos diagnosticados com cancro na mesma altura. Tudo o que estava a acontecer comigo, acontecia com ele”, explicou Jodi ao Metro.

“Ele ajudou tantas pessoas como cão de terapia. Ajudou-me tanto que eu não poderia deixar o meu bebé morrer sem lutar por ele. Teria vendido a minha casa e morado num carro se fosse necessário”, adianta.

Jodi e o marido venderam jóias e outros itens valiosos, utilizaram cartões de crédito e pediram empréstimos, tudo para pagar os tratamentos de Frankie. Até tentaram vender a casa, mas o animal morreu antes que o pudessem fazer.

Apesar do caso já ter acontecido em 2016, o casal ainda deve ao banco 30 mil euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório