Meteorologia

  • 11 DEZEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 15º

Edição

Governador queniano acusado de envolvimento em morte de estudante grávida

Jovem tinha 26 anos de idade e teria um caso com o governador.

Governador queniano acusado de envolvimento em morte de estudante grávida
Notícias ao Minuto

20:33 - 24/09/18 por Pedro Filipe Pina 

Mundo Quénia

Okoth Obado, governador de Migory, no Quénia, viu o seu nome envolvido na investigação à morte de uma jovem estudante com quem terá mantido um caso.

Sharon Otieno, de 26 anos, foi atacada no passado dia 3 de setembro quando se encontrava na companhia do jornalista Barack Oduor. A jovem estudante estava grávida de sete meses.

O jornalista conseguiu escapar e dar conta do sequestro às autoridades. Dois dias depois, porém, o corpo de Sharon Otieno foi encontrado junto à berma de uma estrada.

Tanto o corpo da estudante como o feto mostravam vários sinais de esfaqueamento.

Noodin Haji, procurador queniano que garantiu que os responsáveis seriam levados à justiça, acusou agora o governador Okoth Obado de envolvimento na morte da jovem.

O governador declarou-se inocente. Ficará a conhecer amanhã as medidas de coação que lhe serão aplicadas enquanto a investigação prossegue.

O procurador acusa o governador de ter mantido "uma relação íntima" com a vítima e afirma ainda que dessa relação resultou uma gravidez que era, para o governador, indesejada.

Cinco homens terão participado no sequestro. Há quatro suspeitos ainda por identificar. Explica a CNN que o único suspeito identificado até ao momento é Michael Oyamo, um homem que era colaborador próximo do governador.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório